7 fake news que surgiram na web após a condenação de Lula no TRF-4

É fato: sempre que uma notícia bombástica eclode na mídia, diversos boatos vêm a reboque. A história do Boatos.org mostra isso. Podemos citar casos como os atentados de Paris, em 2015 e o acidente de avião envolvendo a equipe da Chapecoense. Nos dois casos, diversas informações falsas brotaram na web após os acontecimentos. Mais recentemente, o mesmo fenômeno aconteceu após a condenação de Lula em 2ª Instância, no TRF-4.

No período de uma semana (24/01 a 01/02), a equipe do Boatos.org desmentiu 8 (OITO!)  notícias falsas sobre Lula e a condenação no caso do triplex. Um desses boatos precisou ficar de fora da lista e o “escolhido” foi o vídeo que denunciava que Lula teria sido processado na República Dominicana por corrupção, publicado no dia 01/02. Mas você pode ler a história inteira aqui. Dito isso, confira a nossa lista:

1) Marieta Severo escreveu carta falando dos erros de Lula (26/01)

Essa história começou a circular nas redes sociais logo após a condenação do ex-presidente. De acordo com ela, a atriz Marieta Severo (historicamente apoiadora de Lula) teria escrito um texto com críticas às ações dele. O texto teria sido batizado como “Os erros de Luís”. Além da nossa equipe não ter encontrado nenhuma fonte confiável que pudesse confirmar a autoria do texto, Marieta Severo continua apoiando publicamente o ex-presidente e desmentiu a autoria. Ou seja, boato.

2) Leonardo criou áudio comemorando a prisão de Lula (26/01)

Essa notícia falsa também surgiu assim que Lula foi condenado. Segundo essa história, o cantor Leonardo teria gravado um áudio, no Whatsapp, cantando a música “A casa caiu” em comemoração à condenação do ex-presidente. Logo de cara, já era possível perceber que a pessoa que gravou o áudio não era o cantor Leonardo. A voz da pessoa do Whatsapp não era nada parecida com a do cantor. A confirmação da mentira veio após a equipe entrar em contato com a assessoria de Leonardo e eles negarem tudo.

3) Até a doutora Marise detonou Lula (27/01)

E nem só de famosos criticando o ex-presidente Lula vivem os boatos. Dessa vez, uma história que andou circulando pelas redes sociais afirmava que uma médica (doutora Marise Valéria Santos) detonou Lula nas redes sociais. Uma “googlada” foi o suficiente para descobrir que a médica nunca existiu, o CRM pertencia a outro médico e que a suposta carta existe desde 2006 e já foi atribuída a outros autores. Sendo assim, apenas mais uma mentira.

4) Moro mandou prender o ex-presidente (27/01)

E três dias após a condenação no caso do triplex, um mandado de prisão preventiva, expedido pelo juiz Sérgio Moro contra o ex-presidente Lula, teria vazado na internet. E mais: o mandado pedia para que a Polícia Federal preservasse a imagem do acusado ao seu preso. Ao checar o documento, encontramos erros na data de nascimento do ex-presidente e na assinatura de Moro. Por fim, a assessoria da Justiça Federal do Paraná desmentiu toda a história.

5) A ONU entrou, em defesa de Lula, ameaçando o Brasil (27/01)

E nem a ONU ficou de fora das fake news envolvendo o ex-presidente Lula. Nessa história, que começou a circular nas redes sociais alguns dias após a condenação e a apreensão do seu passaporte (que não tem nada a ver com o fato da condenação), a ONU teria saído em defesa do ex-presidente e ameaçado adotar sanções contra o Brasil. No final das contas, descobrimos que o perfil que publicou a tal declaração é criador de outros tantos boatos desmentidos pela nossa equipe. E como nenhum canal oficial da ONU publicou a nota ou se pronunciou sobre ela, fica fácil perceber que não passou de boato.

6) Caseiro de Atibaia revela o “cofre de Lula” (31/01)

Nem dos próprios funcionários o Lula se viu livre. Segundo essa história, em entrevista para um “repórter do Planalto”, um dos caseiros do sítio de Atibaia afirmou que um cofre de concreto teria sido construído no sítio, durante uma reforma. Bom, o tal “repórter do Planalto”, de fato, existe. Mais do que isso. Quando foi questionado em suas redes sociais sobre a tal entrevista, ele foi categórico: desconheço! Ou seja, boato.

7) Lula inventou reunião na Etiópia para fugir do Brasil (01/02)

Depois da condenação no caso do triplex, é claro que uma das alternativas do ex-presidente Lula seria fugir do país. E é o que garante essa história que começou a circular recentemente nas redes sociais. Segundo ela, Luís Inácio Lula da Silva teria inventado uma reunião na FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura), na Etiópia, para fugir do país. Mas o que aconteceu foi nada mais do que uma verdadeira “confusão”. Muitos pensavam Lula iria comparecer à 30ª Conferência Regional pela África, que acontecerá entre os dias 19 e 23 de fevereiro, no Sudão, na verdade, ele foi convidado para a 30ª Cúpula da União Africana, que aconteceu entre os dias 27 e 30 de janeiro, na Etiópia (e não contou com a presença de Lula, pois ele teve o passaporte apreendido).

4 comentários em “7 fake news que surgiram na web após a condenação de Lula no TRF-4

  • 14/04/2018 em 14:52
    Permalink

    Olha,eu irei dizer as coisas,o Luiz Inácio Lula da Silva já foi preso na semana passada porém,o brasil entao,nao só ele e os outros que estao envolvidos nisso tambem!

    Resposta
  • 07/02/2018 em 14:41
    Permalink

    Quem tem informação nunca acreditou que o texto seria de autoria de Marieta Severo.

    Resposta
    • 08/02/2018 em 15:46
      Permalink

      Mas bem que poderia ser. Esse larápio de 9 dedos bem que merece…

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)