7 boatos que circulam na web sobre Teori Zavascki, sua morte e o futuro da Lava-Jato

Após a queda do avião que matou o ministro Teori Zavascki, a internet não parou de criar histórias envolvendo a tragédia. Separamos sete delas para você não acreditar.

Ainda é recente na memória de todos a queda do avião que acabou matando o então presidenciável Eduardo Campos em 2014. Pouco antes de completar três anos desse acidente, mais um renomado personagem do cenário nacional morreu em semelhante situação.

Teori Zavascki foi assassinado por causa da Lava-Jato, diz boato
Após seu falecimento, surgiram diversas histórias falsas sobre Teori Zavascki 

A queda do avião que matou Teori Zavascki atiçou mais ainda os ânimos sobre a Lava-Jato, deixou pessoas convictas de que tudo foi planejado mas, principalmente, serviu de pólvora para os mais variados tipos de boatos.

Diante de tantas versões de balelas sobre o tema, nós elegemos sete histórias falsas envolvendo o falecido ministro do Supremo Tribunal Federal. Confira:

1 – Teori foi assassinado

Assim que a confirmação da morte de Teori Zavascki se espalhou a internet foi a loucura com o acontecido. Quase que instantaneamente também surgiu uma suposta explicação para a queda do avião do ministro – teria sido tudo planejado e executado para livrar os culpados da Lava-Jato que Teori acabaria desmascarando.

Na web as pessoas compartilharam um texto dizendo que o ministro foi assassinado assim como aconteceu com Eduardo Campos. E como era de esperar, uma verdadeira batalha partidária começou, com cada um defendendo o seu partido e acusando o outro.

Acontece que as investigações sobre a real causa da queda do avião mal começaram. Não há até o momento uma prova sequer de que a aeronave tenha sido sabotada e o ministro assassinado. Acreditar nessa história, por hora, é pura teoria da conspiração. Leia mais sobre o boato aqui.

2 – O diretor chefe da Abin sabe de tudo

Outra história que deu pano para a manga e se espalhou rápido foi a suposta denúncia do diretor chefe da Abin. Segundo texto compartilhado nas redes sociais, o diretor – que não teve o nome citado – confessou a um jornalista do Estadão de que um grampo no telefone de Lula revelou o plano dele e do PT de derrubar o avião de Teori Zavascki.

Apesar da quantidade de gente que saiu espalhando isso por aí, a história não procedia, principalmente porque nem Estadão nem Abin trataram oficialmente do caso. E aí o silêncio do próprio Estadão entregou a falsidade do boato, uma vez que o veículo seria o primeiro interessado em dar um furo de notícia como essa. Portanto, tudo se tratou de mais uma teoria da conspiração, e você pode ler mais sobre aqui.

3 – Carmen Lúcia fica com a Lava-Jato

Com a morte de Teori Zavascki a imprensa e metade do país começou a se questionar sobre como ficariam os processos da Lava-Jato os quais o ministro era relator. A nomeação de um substituto para dar continuidade ao trabalho de Teori ganhou a internet e virou foco de boato.

Tanto foi assim, que não demorou para espalharem a informação de que quem assumiria a relatoria da Lava-Jato seria a própria presidente do STF, a ministra Carmen Lúcia.

Apesar das opiniões dividas sobre essa decisão, a informação de que Carmen Lúcia será a nova relatora da Lava-Jato não procede. A decisão não foi tomada ainda e depende de todo um processo complexo inteiramente baseado no regimento interno do Supremo. Você pode entender melhor o boato e o processo de nomeação do novo relator aqui.

4 – O Sargento Marcondes é o culpado [1]

As diferentes histórias que surgiram envolvendo a queda do avião de Teori foram tantas que sequer deu tempo de se recuperar de uma balela para estar de cara com outra. Mal havíamos desmentido os boatos sobre a Abin, Carmen Lúcia e o assassinato e lá estava pipocando na internet outra história, com mais um culpado para o caso.

Segundo esse novo texto, o sargento Marcondes, responsável por coordenar o voo do ministro foi quem propositalmente deu informações erradas ao piloto para que o avião caísse.

A suposta denúncia também afirmava que o sargento era filiado do PT e que ele apagou a conversa que indicava suas más instruções ao piloto. Tudo seria parte do plano mirabolante do Partido Trabalhista.

Obvio que nada disso procedia e a história não passou de mais uma invenção sensacionalista para por lenha na fogueira. A imprensa nunca mencionou o sargento Marcondes, não houve gravação apagada e o MPF pediu todo o material para dar início às investigações. Leia mais sobre o boato aqui.

5 – O sargento Marcondes é o culpado [2]

Não bastasse a quantidade de boatos que surgiu com a morte do ministro Teori, na internet algumas pessoas ousaram espalhar o mesmo boato com diferenças quase imperceptíveis.

Logo, ganhou força na web essa outra versão da história do sargento Marcondes, em que ele teria igualmente induzido o piloto para que o acidente acontecesse e apagado a gravação que provava o ocorrido. Só que, desta vez, o sargento Marcondes seria filiado do PSDB e teria trabalhado a mando do partido tucano.

Pelas mesmíssimas razões do relato anterior, claro que isso tudo era boato. Leia mais sobre ele aqui.

6 – Sem caixa-preta e sem câmeras, o crime perfeito

Para aumentar ainda mais a polêmica sobre a morte de Teori, as pessoas começaram a circular na internet que o avião do ministro não tinha caixa-preta. E mais, disseram que estranhamente as imagens das câmeras do hangar onde ficava o avião foram levadas.

Acontece que nenhuma das informações passadas eram verdadeiras. O avião em que estava o ministro Teori tinha caixa-preta sim e ela foi encontrada como confirmou a FAB. As imagens das câmeras do hangar foram requeridas pela Polícia Federal para abertura do inquérito.

Logo, toda a conversa sobre a ausência da caixa-preta e o sumiço das câmeras serem a prova de que um crime foi cometido não eram verdadeiras. Apenas mais mentiras para deixar todo mundo com a pulga atrás da orelha. Leia mais sobre o boato aqui.

7 – A proibição de Teori

Algumas coincidências são de arrepiar os fios de cabelo da nuca. E o boato que encerra esta lista é uma delas. Um dia antes de virar pauta de diversos boatos por causa de sua inesperada morte, Teori Zavascki caiu na boca do povo por que supostamente tinha proibido o juiz Sergio Moro de investigar Lula.

Isso mesmo, um dia antes do acidente, a internet estava em polvorosa espalhando a informação de que Teori tinha se vendido a Lula e exigido que Moro parasse de investigar o ex-presidente.

Claro que nada disso era real, o ministro não havia proibido Moro, o ex-presidente Lula continua sendo investigado e é réu em cinco processos em primeira instância. As pessoas caíram numa balela que tinha cara de mentira até pela forma como foi escrita (aquelas características básicas que sempre comentamos).  Leia mais sobre o boato aqui.

Nota: Mal sabíamos nós e muito menos o ministro de que ele continuaria alvo de tanta mentira na web. Como jornalistas, esperamos que as investigações indiquem o que causou a queda do avião que matou Teori Zavascki. Até lá, vamos desmentindo boatos.

Em tempo, o Boatos.org deseja sinceros pêsames e condolências à família de Teori e a todos que perderam um ente querido em mais essa tragédia da aviação brasileira.

2 comentários em “7 boatos que circulam na web sobre Teori Zavascki, sua morte e o futuro da Lava-Jato

  • 23/01/2017 em 11:10
    Permalink

    Acidentes acontecem e vão acontecer outros, não devemos ficar procurando culpados, estas deduções são errôneas, e podemos ainda pensar o que esse ministro estava fazendo num avião particular com duas mulheres, falar que ela é fisioterapeuta e a mãe? Quer saber de uma coisa, eles estavam numa boa e sem preocupação e as coisas iriam fluir normalmente depois do pouso da aeronave. Esta pode ser também uma dedução com opções de seduções, aproveitando também uma dose de whisky e outras benefícios pessoais, é o queteme acontecido no Brasil desacreditado.

    Resposta
  • 23/01/2017 em 00:09
    Permalink

    Acho que qdo todos morrem viram heróis na política. Como foi com a morte de Tancredo Neves, não faria nada se estivesse vivo, pois sucumbiria ao Sistema Nojento que assola o Brasil. STF são todos um nada, nem Carmem Lúcia vai mudar alguma coisa, pois o meio é sujo e fedorento e demanda SILÊNCIO!!!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)