Declaração de Maria do Rosário sobre morte de Jaime Gold é falsa

Boato – Ex-ministra dos Direitos Humanos, Maria do Rosário, declara que morte de Jaime Gold, no Rio de Janeiro, é culpa da ‘sociedade opressora a qual o maior exemplo são os médicos’.

A cada história falsa desmentida repassamos incansavelmente as características básicas de um boato. Como bons insistentes que somos, não custa lembrar que a maioria dos boatos se origina de um acontecimento verdadeiro e que distorce a realidade por trás dele.

Deputada Maria do Rosário faz declaração polêmica sobre morte de médico no RJ, afirma boato
Deputada Maria do Rosário faz declaração polêmica sobre morte de médico no RJ, afirma boato

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99331-6821 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Pois é exatamente o que aconteceu com o caso do médico Jaime Gold, morto a facadas em um assalto no Rio de Janeiro, na semana passada. Como boataria não perdoa nada e nem ninguém, utilizaram o assassinato do médico carioca para divulgar uma declaração da deputada e ex-ministra dos Direitos Humanos, Maria do Rosário (PT-RS).

A deputada, por sinal, é a bola da vez dos boatos nesta semana. Além do que desmentiremos mais a frente, a deputada também apareceu envolvida em um projeto que proibiria artes marciais no Brasil.

Segundo a história repassada nas redes sociais, a deputada declarou abertamente que o adolescente preso por esfaquear o médico não teve culpa, e que tudo se tratou de mais um reflexo da sociedade injusta. A declaração causou furor na web, principalmente por que culpa diretamente a classe médica.

Uma montagem com a foto da deputada mostrava a seguinte declaração:

Não podemos criminalizar o adolescente pelo acidente que causou a morte do médico na Lagoa Rodrigo de Freitas. Ele era apenas mais uma vítima dessa sociedade opressora a qual o maior exemplo são os médicos.’

Como dizem por aí, o babado foi tão forte que o Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (CREMERJ) entrou em contato com Maria do Rosário, exigindo explicações pela declaração.

Até o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), caiu na história e criticou a declaração da deputada Maria do Rosário. Mas, babado forte ou não, a declaração é falsa. A própria deputada Maria do Rosário enviou nota de esclarecimento à CREMERJ e também refutou a mentira em sua página no Facebook.

Resumindo, esse foi mais um caso de politicagem. E como declarou, realmente, a deputada Maria do Rosário, devemos repudiar “à prática da mentira como arma política e de desconstituição das pessoas. Infelizmente, são inúmeras as vítimas que cotidianamente sofrem com a exposição de boatos, imagens e injúrias de toda sorte. Isso tem que acabar […]”.

2 comentários em “Declaração de Maria do Rosário sobre morte de Jaime Gold é falsa

  • 29/05/2015 em 18:00
    Permalink

    TENHO QUE DÁ MINHA MÃO A PALMATÓRIA… DEPOIS QUE POSTEI VI QUE EXISTIA UM LINK QUE DAVA ACESSO A INFORMAÇÃO…

    Resposta
  • 29/05/2015 em 17:57
    Permalink

    SIMPLES ASSIM… Você DIZ QUE É BOATO E PRONTO… ONDE ESTÃO AS TAIS PROVAS IRREFUTÁVEIS? (CÓPIA DA CARTA DIRIGIDA AO CREMERJ e o ‘prnt Scrrn’ da pagina do Face Book)?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)