Boato: Kim Jong-Un obriga uso de corte de cabelo na Coreia do Norte

By | 02/04/2014
Notícia de que Kim Jong-Un forçou note-coreanos a imitar seu cabelo é falsa

Notícia de que Kim Jong-Un forçou note-coreanos a imitar seu cabelo é falsa

Boato – O ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-Un, determinou que todos os homens da Coreia do Norte imitem o seu corte de cabelo

Com certeza você já viu na internet alguma imagem do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-Um, com aquele corte de cabelo com um topete repartido ao meio e as laterais e a parte de trás da cabeça raspadas.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Vamos convir que o corte não é dos mais belos. E como tudo poderia piorar, um texto que circula na rede diz que o ditador norte-coreano determinou que todos os homens do país imitassem o seu penteado. Ou seja, os norte-coreanos ficariam todos no mesmo estilo do ditador. Uma das versões do texto (publicada pelo UOL) fala o seguinte:

Ditador da Coreia do Norte impõe o próprio corte de cabelo aos homens do país. A ditadura de Kim Jong-un na Coreia do Norte parece não querer poupar nem mesmo a aparência de seus cidadãos.

Primeiro, o governou determinou 10 modelos de cortes diferentes para os homens e 18 para as mulheres. Agora, em mais uma demonstração de autoritarismo –e excentricidade–, o jovem líder decidiu impor o próprio corte de cabelo a toda a população masculina do país. A informação é da rádio “Free Asia”, citada pela emissora britânica “BBC”.

Com a nova medida, determinada há duas semanas, mas divulgada nesta quarta-feira (26), em breve, todos os homens norte-coreanos terão os cabelos raspados nos lados da cabeça e espetados em cima –ou, em uma rara variação, penteados para baixo e divididos ao meio– nos moldes do corte do ditador.

Os primeiros a terem seus estilos redefinidos à moda de Kim Jong-un foram os estudantes da capital Pyongyang, mas logo a obrigação foi estendida para o restante da população masculina. “O corte de cabelo do nosso líder é muito particular, não fica bem em todos, dado que cada um tem um rosto e um formato de cabeça próprios”, disse um norte-coreano cuja identidade não foi revelada.

O corte é de fato, diferente (feio) e tem causado bastante polêmica entre os internautas. Tanto que a notícia do UOL recebeu mais de 200 comentários e 7,1 mil compartilhamentos no Facebook. E para ver: as pessoas realmente estão acreditando na matéria, pois até o Jornal Nacional divulgou a informação.

De fato, a imprensa reproduziu, mas a notícia é mais um boato que circula por aí. Na realidade, a suposta medida imposta pelo ditador não foi implementada no país. A notícia foi apenas uma reprodução de um boato da internet.

O site da rádio Free Asia, sediada em Washington (EUA), divulgou a notícia com fontes anônimas, sobre uma ordem “não-escrita” (apenas verbal) vinda do Partido dos Trabalhadores no início de março, preocupando os estudantes que seriam obrigados a mudar o penteado. Mas em nenhum momento cita a criação de alguma lei específica, ou seja, nada oficial e confirmado. Mas foi a partir daí que a imprensa internacional e brasileira reproduziu o conteúdo.

Alguns visitantes que foram ao país nas últimas semanas, afirmaram que não encontraram estudantes, nem outros homens que estivessem com o mesmo corte de cabelo. Um jornalista da Associated Press que está em Pyongyang (capital da Coreia do Norte) também contou que não observou nenhum sinal de mudança nos cabelos dos universitários na capital. Inclusive, a notícia foi desmentida na Associated Press.

Segundo uma notícia publicada no Brasil Post, o governo da Coreia do Norte realmente possui sua própria “polícia da moda”. A “polícia” investiga se as pessoas estão utilizando o distintivo de lapela obrigatório com imagens dos “grandes líderes” Kim Il Sung e Kim Jong-Il.

E a matéria também diz que em 2005, o governo lançou uma medida contra homens de cabelo comprido, a campanha “Vamos cortar o cabelo segundo o estilo de vida socialista”, onde os homens não poderiam ter cabelo mais comprido que cinco centímetros. Mas a medida não foi para frente.

As falácias em torno da “moda dos cabelos” lá na Coreia do Norte já é antiga, e apesar de autoritário, o governo de Kim Jong-Un não estabeleceu nenhuma ordem para que os homens mudassem os penteados. Pelo menos por enquanto. Mas já imaginou se a moda pega e a Dilma determina que os homens cortem o cabelo igual ao do Neymar por causa da Copa?

2 thoughts on “Boato: Kim Jong-Un obriga uso de corte de cabelo na Coreia do Norte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *