Alberto Youssef é achado morto em Curitiba, diz informação falsa

By | 26/10/2014
Boato diz que Alberto Youssef morreu

Boato diz que Alberto Youssef morreu

Boato – O doleiro Alberto Youssef morreu na tarde deste sábado, em Curitiba. Causa da morte foi um envenenamento, provavelmente providenciado pelo PT. Ou seja, Youssef foi assassinado.

No dia das eleições, um boato tem circulado por meio do aplicativo para celulares WhatsApp. Depois de todo o agito causado pelas declarações do doleiro Alberto Youssef à revista Veja, começou a circular a informação de que ele teria morrido em Curitiba.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Confira também: 10 maiores boatos das eleições

Curta também a nossa página no Facebook e não caia em boatos

O texto aponta que o plantonista do hospital atestou a morte de Youssef por envenenamento na tarde deste sábado. O texto ainda aponta que o PT providenciou uma queima de arquivo assim como no caso de Alberto Youssef. Leia o texto que circula:

URGENTE – O doleiro Alberto Youssef acaba de FALECER depois de ser levado para um hospital na tarde deste sábado (25), em Curitiba.

O Dr. Gileno Setubal, plantonista do Hospital Cardiológico Constantinni informou a dois jornalistas que faziam plantão no hospital, o óbito. Por recomendação expressa de uma pessoa desconhecida, após ter feito o comunicado foi proibida que a informação seja divulgada até o final da votação neste domingo.

Assim como no caso Celso Daniel o PT providenciou uma queima de arquivo. Provavelmente o doleiro faleceu por envenenamento e não por enfarte como será anunciado. O mesmo PT que neste sábado fez um ato de vandalismo na sede da editora Abril, acaba de realizar mais um crime. Queima de arquivo contra que poderia depois de apresentadas as provas arruinar com a provável eleição de Dilma.

Não sei se é tempo útil, mas tente repassar esta mensagem para o mácimo de eleitores. Não podemos votar o 13 neste domingo. É endossar além a corrupção, a segunda morte de quem sabia de mais. Isso é usado no oriente médio, e em ditaduras.

Roberto Feldmen – Jornalista – DRT 0765 – RJ
Bom dia moçada! Tenham um dia abençoado e votem certo. Veja a última, envenenamento do doleiro que denunciou a Dilms e o Lula

Claro que a informação causou furor. Mas não passa de um boato. Fazendo uma análise inicial do texto, podemos identificar alguns indícios rápidos de um hoax: erros de digitação (como em mácimo), informações alarmistas e nomes falsos. O tal de Gileno Setúbal não é médico e sim um candidato em eleições na Bahia no início do século XXI. Já o jornalista Roberto Feldmen também não existe. Aliás, se ele fosse jornalista, não teria DRT. Esse é o registro de radialistas.

Não bastasse isso, a informação já foi refutada.  Polícia Federal já desmentiu a informação por meio de uma nota. Leia:

Nota à imprensa

Curitiba-PR – A Polícia Federal informa que Alberto Youssef passou bem a noite e permanecerá, em princípio, internado por 48 horas, sob a escolta de Policiais Federais. Não havendo nenhuma outra intercorrência retornará à carceragem da PF da Superintendência em Curitiba.

Comunicação Social da Polícia Federal no Estado do Paraná

Tels. 41 3251-7810/ 7809 / 7813

O único fato de toda essa história é que Youssef realmente acabou sendo internado neste sábado. Mas foi sim por problemas cardíacos. Detalhe: ele já está melhor e voltaria à cela em breve. 

Sendo assim, ficou claro que a informação de que Youssef teria morrido envenenado durante o fim de semana das eleições é falsa. Talvez o último boato do período eleitoral. Talvez não.

PS: esse artigo foi uma sugestão da leitora (e amiga) Renata Martins. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site ou pelo Facebook. 

3 thoughts on “Alberto Youssef é achado morto em Curitiba, diz informação falsa

  1. sandro

    É lamentavel o que estamos pasando, mentiras, falcatruas, roubos e muito mais
    é claro e inegável que o brasil mudou nos ultimos 16 anos graças a um trabalho de organização e estruturção de um país pelo Dr. e Presidente Fernando H. Cardoso.
    Mas o que vai ficar para os nossos filhos que povo seremos que para alcançarmos nossos “objetivos” temos que roubar e matar????
    Como explicar que o filho de um prsodente que a 10 anos era funcionário de um zzologico em São Paulo hoje é se não o um dos maiores agropecuáristas do BRASIL classe esta tão arrochada pelo partido PT com latifubdiários hoje tem o filho do “nobre” LULA como um dos maiores latifundiários do país.
    MAs não eles diram que o rapaz é competente e o resto de todos os agropecuaristas que sustentam a máquina que alimenta o povo são BURROS
    Isto não é mentira, assim como não é mentira o caso da petrobras o caso do mensalão e eles seguem aí.
    Como disse “Orson Scott Cardume; se os porcos pudessem votar, o homem com o balde de comida sempre seria eleito, não importando o tanto de porcos ele já tenha matado no recinto ao lado.

    Reply
  2. Daniela

    Nesse texto, também há erro. Onde o verbo deveria ser “circular” , aparece “circula”. A verdade é, em quem acreditar, nos dias de hoje?

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *