7 boatos sobre a Operação Lava-Jato que circulam na web

By | 08/03/2016

Iniciada a 24ª fase de uma das operações mais importantes da história da Polícia Federal, o assunto não poderia ser outro. O Boatos.org reuniu algumas histórias envolvendo a Lava-Jato.

Na última sexta-feira o país praticamente parou para assistir a mais uma fase da Lava-Jato. A operação da Polícia Federal que investiga o esquema de corrupção envolvendo a Petrobrás completou dois anos e com o direcionamento que a operação agora toma, colocando o ex-presidente da república, Luís Inácio Lula da Silva, no rol dos investigados, tudo ficou mais apimentado. E como boatos adoram os assuntos do momento, nós reunimos sete histórias falsas envolvendo a Lava-Jato. Confiram na lista:

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Globo está por trás da Operação Lava-Jato, diz boato

Assunto do momento há pelo menos dois anos, fizemos uma lista dos boatos sobre a Lava-Jato

1 – O fujão

Comecemos pelo assunto mais badalado do momento. Sim, depois da condução coercitiva do ex-presidente Lula pela PF para prestar esclarecimentos, choveram boatos (mais ainda) na internet. E entre os mais badalados, a história de que Lula teria tentado fugir da polícia. O ex-presidente já tinha planejado escapar para fora do país com seu jatinho, mas acabou impedido em cima da hora. Mentira, já que Lula saiu escoltado de casa, direto para Congonhas.

Leia mais sobre o boato aqui

2 – Sérgio Moro é do PSDB

Um nome que ganhou muito destaque desde o início da Lava-Jato foi, sem sombra de dúvida o do juiz Sérgio Moro. Responsável pela investigação, Moro é o herói de alguns e o diabo de outros. Bem por isso, muitas histórias envolvendo o juiz se espalharam na internet, entre elas, a que ele pertence ao PSDB do Paraná. Ainda na sexta-feira da condução coercitiva de Lula, começou a circular na internet um print da página do Tribunal Superior Eleitoral apontando Sérgio Moro como membro do partido tucano.  Mentira, já que o nome mostrado na imagem era de outra pessoa, um quase homônimo. Muita gente caiu nesse engano.

Leia mais sobre o boato aqui

3 – A Globo manda em tudo

Com o ‘escarcéu’ feito pelos petistas e opositores por causa da condução coercitiva de Lula, a mídia, claro, não deu descanso para o assunto. A Rede Globo fez uma cobertura incisiva sobre a 24ª fase da Lava Jato, a Operação Aletheia, e não deu outra – foi acusada de ser a mão manipuladora por trás de tudo. Na sexta-feira, quando estouraram as notícias sobre o depoimento de Lula à PF, começaram as histórias de que a Globo controla o órgão federal e de que tudo foi criado por eles. Absurdo, já que filiais da emissora são investigas em operações da própria Polícia Federal, como é o caso da Zelotes. Só conspiracionismo mesmo.

Leia mais sobre o boato aqui

4 – Aécio Neves e Sérgio Moro, os brothers

A ligação de Sérgio Moro ao PSDB é recorrente. Não de agora, os ‘haters’ do juiz tentam associá-lo à oposição do PT. Tanto que espalharam pela web uma foto de Moro ao lado de Aécio Neves, presidente do partido tucano, aos cochichos. Apesar dos ‘eu já sabia’ a foto era só uma montagem, feita a partir de uma imagem de Aécio com o falecido Eduardo Campos.

Leia mais sobre o boato aqui

5 – Roberto e Gil contra o juiz

Bem se sabe que muitos músicos brasileiros estiveram (e estão) envolvidos em causas políticas. Não poderia ser diferente em relação à Lava-Jato e aos últimos acontecimentos envolvendo o ex-presidente Lula. Pois tanto é assim, que Roberto Carlos e Gilberto Gil, expoentes da MPB brasileira foram às redes sociais ‘descascar’ o juiz Sérgio Moro. As histórias postadas na web mostraram depoimentos dos cantores acusando o juiz federal de terrorismo, inclusive. Tudo balela, construída por estranhos e jamais postadas de fato nas páginas de Gil e Roberto Carlos.

Leia mais sobre o boato aqui

6 – A senhora Moro é advogada do PSDB

Como já bem falamos, foram várias as histórias envolvendo o juiz Sérgio Moro ao PSDB. Tantas foram as tentativas de relacioná-lo ao partido que até a esposa do juiz entrou no balaio. Segundo notícia espalhada em 2015, Rosângela Moro, foi advogada do PSDB e do ex-governador do Paraná, Flavio Arns. Acontece que Rosângela era procuradora jurídica das APAEs e  ex-governador foi presidente das entidades no passado. Daí criaram uma relação que não existia, por mais que se insista o contrário.

Leia mais sobre o boato aqui

7 – O homem já tinha avisado

Por último, mas não menos importante, surgiu logo no começo do ano um aviso quase profético do juiz Sérgio Moro. Segundo informação atribuída ao jornal português Correio da Manhã, Moro assumiu em entrevista que tinha provas para prender Lula e que iria fazer isso. A história se espalhou muito rápido e tomou proporções tão grandes que até a assessoria da Justiça Federal do Paraná teve que desmentir o assunto. O jornal Correio da Manhã fez a mesma coisa e Lula, só esclarecendo, não foi preso.

Leia mais sobre o boato aqui

3 thoughts on “7 boatos sobre a Operação Lava-Jato que circulam na web

  1. Diego Veloso

    Observe bem o direito ao contraditório que a Globo concede a Aécio nas matérias em que uma acusação contra ele foi exposta. (veja o vídeo)
    http://g1.globo.com/politica/operacao-lava-jato/noticia/2015/12/delator-mencionou-aecio-renan-e-randolfe-por-suposta-propina.html

    Isso chega ao extremo, por exemplo, no seguinte caso: após esta matéria (link a seguir), a Globo reproduz na íntegra o texto de(em) defesa do Aécio.
    A conclusão/fim da matéria é a própria fala de Aécio, que assim termina: “Amigos, nos ajudem a divulgar a verdade. Compartilhem!”
    http://g1.globo.com/politica/operacao-lava-jato/noticia/2015/12/delator-afirma-que-fez-entrega-de-dinheiro-destinado-aecio-diz-jornal.html

    Agora, compare esses cuidados e direito ao contraditório concedidos a Aécio com a acusação a Lula nesta outra matéria (link a seguir). Observe a insinuação forçada em cada momento (“há fortes indícios de que Lula estaria atrapalhando a investigação”), em cada ênfase de tensão na fala dos jornalistas, nos trechos de áudio lidos REPETIDAMENTE, em que, diferentemente do caso anterior (em que Aécio é somente “suposto beneficiário”), são expostas incisivas acusações a Lula. A matéria da Globo, obviamente, não termina com a réplica e defesa de Lula/Dilma, como aconteceu em ambas as matérias que mencionei acima, que tratavam de acusações a Aécio.
    http://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2016/03/pf-libera-documento-que-mostra-ligacao-entre-lula-e-dilma.html

    Um último exemplo: observe, no caso Matarazzo, a distorção dos fatos no vídeo.
    http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2016/03/andrea-matarazzo-anuncia-saida-do-psdb.html
    Matarazzo não acusou “a máquina do estado aí” (como diz o jornalista), mas sim imposturas dentro do próprio PSDB! Muito menos a palavra “descalabro” (escolhida a dedo, a fim de não deixar o ouvinte consciente da corrupção interna do partido PSDB) faz algum sentido ao ouvinte, a não ser àqueles que assistem ao noticiário com um dicionário à mão. As acusações de Matarazzo foram omitidas também, e obviamente, dos programas de âmbito nacional (da Globo).

    Reply
  2. Marco

    A lava jato quebrar a Petrobras?não seria salvar,Viviane?quem quebrou foi o atual governo ,concorda?

    Reply
  3. Viviane Aranha

    Certo! Agora só falta esclarecer se a esposa do Sérgio Moro é advogada de uma grande empresa petrolífera estrangeira. Pois isso colocaria em xeque as reais intenções de a Lava Jato quebrar a Petrobrás só para vendê-la a preço de banana (como alguns querem fazer).

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *