Presidente da Nestlé quer privatizar a água do mundo #boato

By | 15/09/2016

Boato – Peter Brabeck, presidente da Nestlé, diz que a água deve ser privatizada. Valor deve ser definido pela lei de oferta e procura.

O cenário apocalíptico da falta de água já fez parte do enredo de muitos filmes e séries. Até outro dia, imaginar o mundo sem água era pura ficção.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

presidente-da-nestle-peter-brabeck

Presidente da Nestlé quer privatizar água, diz boato

Mas, ao que tudo indica, o mundo real parece estar bem mais inusitado do que as produções hollywoodianas. Pelo menos é o que mostra uma publicação que tem sido compartilhada na web.

De acordo com o texto, o presidente da Nestlé, Peter Brabeck, quer privatizar a água do mundo. Para ele, a água deveria ser tratada como qualquer outro bem alimentício e ter um valor de mercado estabelecido pela lei de oferta e procura. Leia o que diz o texto:

Presidente da Nestlé diz que água deve ser privatizada

Peter Brabeck-Letmathe, um empresário austríaco que é presidente do grupo Nestle desde 2005, afirma que é necessário privatizar o fornecimento da água. Isso para que nós, como sociedade, tomemos consciência de sua importância e acabássemos com o subpreço que se produz na atualidade.

[…] Peter Brabeker junta essa a outras críticas para destacar que o fato de muitas pessoas terem a percepção de que a água é gratuita faz com que em várias ocasiões não lhes deem valor e a desperdicem. Assim sustenta que os governos devem garantir que cada pessoa disponha de 5 litros de água diária para beber e outros 25 litros para sua higiene pessoal, mas que o resto do consumo teria que gerido segundo critérios empresariais.

[…] Em sua opinião, a água deveria ser tratada como qualquer outro bem alimentício e ter um valor de mercado, estabelecido pela lei de oferta e procura. Só desta maneira, aponta, empreenderíamos ações para limitar o consumo excessivo que se dá nesses momentos.

Presidente da Nestlé quer privatizar a água do mundo?

Será mesmo que o presidente da Nestlé pretende privatizar a água e transforma-la em um produto como outro qualquer? O Boatos.org resolveu checar as informações. Veja o que encontramos.

Primeiramente, essa polêmica não é nova. A história apareceu em diversos blogs em 2013 e, volta e meia está pela internet. Em 2015, a notícia voltou a circular na web, após a crise hídrica.

Dito isso, saiba que a história teve origem em uma declaração de Peter Brabeck, ao falar sobre o direito à água, em uma entrevista no ano de 2005. Mas, suas declarações foram tiradas de contexto.

Em 2012, o presidente da multinacional publicou um texto, intitulado “A água é um direito humano, mas não é um mercadoria grátis”. No texto, Peter alerta sobre o desperdício de água. Mas em nenhum momento ele fala da privatização.

Para não restar dúvida, Peter comentou sobre o episódio em um post publicado no blog da Nestlé. Confira o trecho:

Deixe-me ser muito claro sobre isso de novo aqui no blog, porque eu acho que o clipe de vídeo, o que levou os meus pontos de vista fora do contexto, não é claro sobre o ponto que eu estava tentando fazer. A água que você precisa para a sobrevivência é um direito humano, e devem ser disponibilizados a todos, onde quer que estejam, mesmo que eles não podem dar ao luxo de pagar por isso.

No entanto, eu também acredito que a água tem um valor. As pessoas que usam a água canalizada em sua casa para irrigar seu gramado ou lavar o carro, deve suportar o custo da infra-estrutura necessária para fornecê-lo.

Ou seja, nada de privatização de água. É claro que o fato da Nestlé vender água engarrafada chama atenção. Mas, para além disso, afirmar que o presidente da Nestlé quer privatizar a água é exagerar na informação.

Resumindo: o presidente da Nestlé nunca quis privatizar a água. Tudo não passa de mais uma dessas histórias que circulam na internet ano após ano.

2 thoughts on “Presidente da Nestlé quer privatizar a água do mundo #boato

  1. gabriel

    tem um petista no youtube chamado rubens sodre, que vive de teorias conspiratorias, e ele já foi desmacarado como funcionario do PT.

    Reply
  2. Ingrid Mariana

    O cara já faz isso (sem amparo legal, não estou considerando o período em que ele tinha uma concessão válida) há mais de 28 anos…
    A coisa é real.

    Basta receber a concessão que, aliás, de acordo com, o entendimento de um juiz da Califórnia nem precisa estar correta do ponto de vista da renovação do contrato.

    A concessão pode ter expirado sem renovação que o direito de explorar continua sendo do Peter Brabek…

    E vocês dizem que é boato?

    Falta pesquisa e seriedade nos desmentidos de vocês. O caso do Brabek não é baseado em declarações, mas é baseado em uma evidência: o cara explora o aquífero de sacramento há mais de cinquenta anos. Putz!

    http://www.mintpressnews.com/judge-rules-nestle-can-keep-bottling-californias-water-under-permit-that-expired-in-1988/220713/

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *