ONU quer legalizar a pedofilia e quer que abuso sexual deixe de ser crime #boato

Boato – Autoridades, como a ONU, querem que pedofilia deixe de ser considerada um crime e passe a ser caracterizada como uma doença. Ou seja, querem legalizar a prática.

Em tempos de tecnologia, é de suma importância proteger os filhos dos riscos que a internet pode oferecer. Além dos adultos, crianças e adolescentes também estão expostos a problemas de segurança.

Isso porque, com a rede, muitos pedófilos e pessoas mal intencionadas encontraram uma forma mais rápida e fácil de encontrar e enganar crianças e adolescentes. E, bem, parece que, se depender da ONU, as coisas vão se tornar mais fáceis ainda. É o que diz uma história que anda circulando nas redes sociais.

De acordo com ela, a ONU estaria tentando legalizar a pedofilia e tentando fazer com que o abuso sexual deixe de ser considerado um crime. Além disso, o texto diz que estudantes estariam afirmando que a pedofilia é algo natural e normal. Confira:

A ONU está normalizando a pedofilia: o Deep State está livre para explorar seus filhos. O Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos está sancionando uma revolução sexual que culminará com a legalização e o apoio entusiasmado do transgenerismo, mas também apoiará a legalização da pedofilia. À medida que o Deep State está mais ativo em seu papel no “PedoGate”, podemos esperar mais contra-ataques, como a legalização da pedofilia.

Do The New American: “O Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas”, que conta com algumas das ditaduras mais implacáveis do mundo como membros, provocou uma indignação global na semana passada ao votar para nomear um czar da ONU para supervisionar a normalização do homossexualismo e do transgenerismo em todo o mundo. […]

A declaração de que a pedofilia é “natural e normal” foi feita não há três décadas atrás, mas em julho [do ano] passado. Não foi feito em privado, mas como uma das reivindicações centrais de uma apresentação acadêmica entregue, a convite dos organizadores, a muitos dos principais especialistas da área em uma conferência realizada pela Universidade de Cambridge.[…]

ONU quer legalizar a pedofilia e quer que abuso sexual deixe de ser crime?

Como vocês devem ter percebido, nossa equipe tem falado bastante sobre o tema pedofilia (bem-vindos às eleições) nos últimos dias. E temos aqui mais uma história. Sabemos que a Organização das Nações Unidas (ONU) é um órgão bastante influente. Mas será que ela realmente ela teria feito essa votação e estaria tentando legalizar a pedofilia, dentre outras coisas? A resposta é não. E se você quiser conferir os detalhes, então é só continuar lendo.

Para começo de história, é importante fazer uma análise do texto (prática que também é válida para tantos outros textos, vídeos e publicações similares a ele). Não existe coesão e coerência ao longo da história, é só um amontoado de informações (expressas com certa raiva, mostrando um peso muito maior da opinião pessoal do que de um dado objetivo). Para completar, o conteúdo da fonte citada sequer está disponível na web.

Mas não é só isso. O grande problema vem agora: as pessoas responsáveis pelo texto, desde o início, partem de um pressuposto completamente errado. Elas partem da ideia de que há um pedido de “mudança de status da pedofilia” (que, para eles, é um crime que estão tentando fazer virar doença).

Acontece que, segundo a Classificação Internacional de Doenças (CID) (referência mundial para definir patologias), a pedofilia é uma forma de parafilia (assim como o sadomasoquismo, o voyeurismo, entre outros). Portanto, já é considerada uma doença! Sim, amigos: pedofilia é um tema médico e não criminal. No Direito, não existe o crime de pedofilia.

Tudo bem: mas se pedofilia não é crime, o que é crime? O que é considerado crime é o abuso sexual de crianças e adolescentes. E apesar de muita gente dizer que é tudo igual, na realidade, uma coisa é X e outra é Y.

Uma pessoa pode possuir a doença (pedofilia), mas nunca consumar o ato (abuso sexual). No caso onde a pessoa não tenha controle sobre a doença e venha a cometer o crime, então dizemos que houve um abuso sexual causado pela pedofilia (ou por alguém que sofre da doença). Vale lembrar, ainda, que há possibilidade de a pessoa cometer o abuso sexual sem ter a doença. Quem decide isso é um médico.

Agora, a grande questão é: uma pessoa deixa de ser presa após cometer abuso sexual contra um menor pelo simples fato de sofrer de pedofilia? N-Ã-O. No máximo, os advogados e o Estado poderiam solicitar que o acusado cumpra sua pena em um centro especializado. Vamos repetir aqui: quem decide isso é um médico.

Em resumo: a história que diz que a ONU estaria tentando legalizar a pedofilia é falsa. A pedofilia é uma doença. O crime é o abuso sexual. E, nesse caso, não existe alguém que esteja tentando defender a legalização disso. Qualquer texto ou história que misture essas duas coisas, no mínimo, quer confundir a cabeça das pessoas e difamar alguém ou alguma instituição. Ou seja, #boato. Até a próxima!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

3 comentários em “ONU quer legalizar a pedofilia e quer que abuso sexual deixe de ser crime #boato

  • 27/07/2018 em 00:33
    Permalink

    MENTIRA!! Segundo o dicionário da língua portuguesa, pedofilia é prática sexual com crianças: http://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/pedofilia
    Por isso abuso sexual de menores e pedofilia É A MESMA COISA DESDE SEMPRE!! Não tente amenizar o que é crime. Daqui a pouco vão dizer que roubo é doença, assassinato é doença e que o significado disso é que torna crime. Ah véi, você precisa de ajuda urgente!!

    Resposta
  • 24/07/2018 em 18:39
    Permalink

    Diz um ditado que em todo o boato tem um fundo de verdade.Existem movimentos na Europa, inclusive de partidos políticos que estão defendendo esta nova visão de tolerância com tudo que é tipo de perversão sexual. Existem boatos também sobre uma suposta tentativa de prisão do Papa Francisco quando se preparava para participar de um ritual de sacrifício humanos com crianças na Suíça. Existe o site oficial da organização internacional que investiga crimes da Igreja e dos governos, que estaria denunciando este assunto.
    itccs.org
    nemtudoeoquenoscontaram.blogspot.com

    Resposta
  • 23/07/2018 em 00:31
    Permalink

    Já pensou?! Um absurdo! Será que tem alguém que acredita que o boato possa ser verdade?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)