Cerveja Heineken patrocina briga de cães em rinha na Mongólia #boato

Boato – Em clube noturno na Mongólia, cerveja Heineken patrocinou evento de briga de cães em rinha. Foto revoltou clientes. 

A organização de brigas entre animais, também conhecidas como rinhas, é expressamente proibida no Brasil. A lei que bane qualquer tipo de evento que promova esse tipo de briga é da década de 60. O documento destaca que esse tipo de evento promove os maus-tratos aos animais, que muitas vezes acabam morrendo ao final dele.

E mesmo com a crueldade infligida aos animais e com a existência da lei, muitas pessoas continuam organizando esse tipo de evento. O fato por si só já causa indignação, mas o ápice ocorreu quando alguns clientes descobriram que a cervejaria Heineken estaria patrocinando rinhas de cães.

Segundo a história, a Heineken estaria patrocinando rinhas de cães. Um cliente compartilhou uma foto onde banners da marca aparecem em um clube noturno, enquanto as brigas acontecem. “A cerveja Heineken patrocina este crime, rinha de cães . Todos psicopatas tem que ter pena de morte para psicopatas”, diz a postagem. A situação gerou revolta entre os clientes da Heineken.

Cerveja Heineken patrocina briga de cães em rinha na Mongólia?

A situação é realmente bem triste, ainda mais por envolver uma atitude criminosa. E se a gente sabe disso, imagina as grandes marcas, não é? Mas será que a cerveja Heineken não pensou nas consequências desse patrocínio? Ou melhor, será mesmo que essa história é real? A resposta é não. Então, senta aí que eu vou te dar mais detalhes.

Se você não era grande frequentador do Facebook nos primeiros anos de sucesso dessa rede social, provavelmente não vai lembrar que essa história é antiga. Para ser mais exata, ela circula no Facebook desde 2012. A foto, infelizmente, é bem real. E, claro, sujou (e muito) a imagem da marca Heineken. Tanto que ela precisou vir a público explicar o conteúdo das imagens e o que os banners da empresa faziam lá.

Para alívio (ou não) dos clientes da empresa, a Heineken explicou que tudo não passou de um (enorme) mal-entendido. De acordo com a declaração, a imagem, na verdade, foi registrada em 2010, em um clube noturno na Mongólia (dois anos antes de começar a viralizar).

A marca de cerveja explicou que havia organizado um evento no clube no dia anterior. Entretanto, no dia seguinte, antes dos banners serem retirados, outro evento aconteceu. O clube havia alugado o espaço para um evento de rinha de cães.

Depois de toda a exposição, a Heineken também divulgou que iria promover mudanças em relação ao uso de materiais de divulgação e também tomaria mais cuidado com os locais onde realizava seus eventos. A empresa destacou que tomou as seguintes medidas após o escândalo:

Removemos todos os materiais promocionais restantes no local. Retiramos todo o nosso estoque de produtos do clube. Encerramos o relacionamento com o local, garantindo que as nossas marcas não estarão disponíveis no clube novamente. Continuaremos a garantir que nossas rigorosas diretrizes de publicidade e promoção sejam aplicadas tanto à letra quanto ao espírito de sua intenção.

Instruímos nosso distribuidor a verificar todos os locais onde nossas marcas possam ser aproveitadas para garantir que tais atividades ilegais não estejam ocorrendo. Se houver alguma indicação de que estejam, tomaremos a mesma ação e removeremos nossos produtos.

Vale ressaltar que essa história já foi desmentida por outros outros veículos internacionais, como o Waffles at Noon e o Hoax-Slayer e só o fato da história do “patrocínio” ter demorado dois anos para começar a ser compartilhada já nos deixa desconfiado sobre a tese do patrocínio.

Sendo assim, a história não passou de (uma enorme) confusão. Um clube noturno da Mongólia não retirou os banners da Heineken após a festa da empresa, eles acabaram expostos durante a rinha de cães e muito tempo depois caíram como “um patrocínio” na web. Ou seja, #boato.

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 991779164

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)