Feminista vai processar homem que a salvou de afogamento #boato

Boato – Mulher feminista afirma que vai processar homem por ter encostado sem permissão no corpo dela ao tentar salvá-la durante afogamento.

A internet é tem se mostrado um espaço polarizado, sem dúvida. Mas isso não é assim desde sempre? Sim, porém com o advento das redes sociais esses embates parecem cada vez mais histéricos, mais sérios e até mesmo mais perigosos.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:

Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99432-5485 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Por embates vamos considerar, por exemplo, essas constantes discussões em postagens do Facebook. E é nesse cenário que a internet tem execrado a suposta feminista que vai processar o homem que a salvou de um afogamento.

Segundo um vídeo que já superou os 7 mil compartilhamentos e teve mais de 520 mil visualizações no Facebook, uma mulher que se autoproclama feminista vai processar um homem que tocou em seu corpo na tentativa de salvá-la de um afogamento. Confira o vídeo e legenda que acompanha o post:

FEMINISTA QUE SE AFOGAVA E É PROCESSADO POR ELA. Se ainda restava alguma dúvida que pessoas de esquerda são literalmente doentes mentais e sociopatas, este vídeo tira qualquer dúvida!

Feminista vai processar homem que a salvou de afogamento?

Apesar dos comentários odiosos sobre a mulher, todo o bafafá criado em cima dessa história é desnecessário porque ela é falsa. Completamente falsa.

Primeiro, vamos entender o contexto. Esta história sobre a feminista ofendida por ter sido tocada durante um afogamento surgiu em 2015 em um site específico de notícias falsas, o Stately Harold. Sabe aquele site que inventa notícias satíricas com temas polêmicos justamente para fazer piada? Pois então, a proposta é a mesma.

Acontece que pouco depois de ter sido escrita essa história (de zoeira) da feminista que ia processar seu salvador, surgiu na internet o vídeo de uma mulher chamada Cassidy Boon afirmando que o caso tinha ocorrido com ela. Essa mulher é, na verdade, uma caçadora de cliques, já odiada na internet por criar vídeos polêmicos sobre temas como racismo, machismo em Star Wars e umas loucuras nesse estilo.

Essa tal Cassidy se apropriou da história do Stately Harold, criou um vídeo e conseguiu exatamente o que queria – estar em alta na internet. No entanto, ela não está processando ninguém, porque não foi salva de um afogamento. Sobre se de fato ela defende a causa feminista, não podemos afirmar, mas os pontos de vista que ela destaca em seus vídeos tem muito mais a ver com “causar bafão nas redes” que com discutir igualdade.

Portanto, não é real a história da feminista que vai processar o homem que a salvou de um afogamento. Tudo isso foi invenção de um site de notícias falsas que, posteriormente, uma “ativista da internet” resolveu dizer que tinha ocorrido com ela. Quem dera as mensagens de ódio que têm circulado por causa dessa história fossem falsas também.

PS: Esse artigo foi uma sugestão do leitor Ronaldo Fonseca Júnior. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook ou WhatsApp, no telefone (61) 99331 6821.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)