Benjamin Netanyahu faz discurso sobre 70 anos de Israel e judeus #boato

Boato – O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, fez um discurso falando que há 70 anos judeus eram mortos como ovelhas e hoje Israel é gigante.

Uma das decisões políticas que mais chamou atenção nos últimos dias foi o reconhecimento do presidente norte-americano Donald Trump de Jerusalém como a capital de Israel. Depois da decisão dos EUA, palestinos iniciaram protestos e israelenses (que haviam cobrado o reconhecimento durante a campanha eleitoral dos EUA) se mostraram satisfeitos.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Em meio a tudo isso, começou a viralizar em português um suposto discurso do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu. O texto se apresenta como “DISCURSO ESPETACULAR DO PRIMEIRO MINISTRO DE ISRAEL BENJAMIN NETANYAHU”.

Depois disso, o texto mostra o que seria uma linha do tempo feita pelo ministro. “Apenas 70 anos atrás! Os judeus foram levados ao matadouro como ovelhas. 60 anos atrás! Não tínhamos país. Nenhum exército. 50 anos atrás! Lutamos contra os três exércitos mais poderosos do Oriente Médio, e nós os varremos … sim … em seis dias”, afirma (dando uma cutucada em países da região).

O texto aponta ainda que o ministro fala sobre tudo que o país conquistou e, no final, proclama Israel como a “nação da Bíblia” e cita um versículo do livro sagrado dos cristãos. Leia o início do texto que circula online (reprodução do Facebook):

Reprodução da notícia falsa que fala de discurso de Benjamin Netanyahu sobre judeus e israel
Reprodução da notícia falsa que fala de discurso de Benjamin Netanyahu sobre judeus e israel

Benjamin Netanyahu faz discurso espetacular sobre 70 anos de Israel e judeus?

O texto até pode ser muito aclamado por quem defende o lado de Israel nos conflitos do Oriente Médio (isso inclui, principalmente, alguns grupos cristãos), mas será mesmo que o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu fez o tal discurso? Pelo que vimos, a resposta é não. Vamos aos fatos.

Dado o clima de tensão permanente que israelenses e palestinos vivem, o tal discurso não é totalmente inverossímil. Porém, o fato é que Netanyahu não chegou ao ponto de dar espetadas como “varremos os inimigos em seis dias”, “o Hamas nos faz rir” e “somos a nação da Bíblia”.

Ao buscar sobre a origem do discurso, não achamos nenhum vídeo em que ele tivesse feito o tal discurso. Também não achamos nenhum registro ou mesmo reportagem que fale sobre o tal discurso do primeiro-ministro. Se a fala foi tão marcante, por que não teve nenhum registro?

Na mesma busca, descobrimos onde nasceu o tal discurso. De início, ele foi publicado, em inglês, neste link de uma igreja de Benin. No texto, apenas a frase “apenas 70 anos atrás! Os judeus foram levados ao matadouro como ovelhas. 60 anos atrás! Não tínhamos país. Nenhum exército” foi citada como de Netanyahu. O resto era um texto assinado por um membro da igreja.

A partir desta postagem (que usa uma fala de Netanyahu que também não conseguimos localizar), outros sites começaram a atribuir o texto inteiro ao primeiro-ministro de Israel. Claro que com o passar do tempo mais elementos foram inclusos na fala. E aí ela se espalhou.

Resumindo: o tal discurso de Benjamin Netanyahu sobre os 70 anos de Israel e os judeus é falso. O texto é baseado em um artigo de uma igreja na África que, por sua vez, se baseia em uma fala do primeiro-ministro que não existe. Sobre o conteúdo do texto, não vamos entrar no mérito se é correto ou não. Só vamos nos limitar a dizer que “há controvérsias”.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 994325485.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)