Assaltantes são estuprados por homem gay durante 5 dias #boato

By | 23/10/2016

Boato – Após invadirem a casa de um homem gay, assaltantes foram presos e assaltados por cinco dias. Caso aconteceu nos EUA.

É fato que o número de histórias falsas divulgadas em portais de notícias é bem pequeno se comparado com o que rola em redes sociais. Também é fato que a maioria destas notícias vêm do exterior e se encaixam na categoria “bizarro”. É o caso de hoje da história do Boatos.org.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Assaltantes foram estuprados por gay por cinco dias após assalto, diz boato

Assaltantes foram estuprados por gay por cinco dias após assalto, diz boato

Circula na internet uma história de um assalto um tanto quanto malsucedido. Ele aponta que dois assaltantes tentaram invadir a casa de um homem gay nos EUA e se deram mal. De acordo com o texto, Garfield Morgan e Kim Gorton invadiram a casa de “um estuprador de gays”, Harry Harrington. Em vez de realizarem o roubo, eles foram presos e estuprados por cinco dias. Leia:

Assaltantes são estuprados por 5 dias por gay após invadirem a casa

Uma dupla de assaltantes se arrependeu amargamente da ideia de assaltar a casa de um homem morador da Flórida, nos EUA. Sem saber onde estavam se metendo, Garfield Morgan, de 54 anos, e Kim Gorton, de 36 anos, acabaram invadindo a casa de uma figura conhecida da policia local: um estuprador de gays!

Segundo informações do site “Thugify”, o dono da residência era Harry Harrington, um sugar daddy com mais de dois metros de altura e 130 quilos, Harrington, ou melhor, The Wolfman, como é conhecido, possui diversas passagens pela polícia por agressões e abusos sexuais de jovens gays.

Tanto o estuprador como os assaltantes acabaram presos. Garfield Morgan e Kim Gorton por tentativa de roubo e o sugar daddy por agressão, estupro e por os manterem em cárcere privado.

Assaltantes foram estuprados por homem gay durante 5 dias?

A reação das pessoas em redes sociais foram um tanto quanto diversas. Algumas chegaram até a “comemorar” a vingança do morador. Outros aproveitaram para falar mal dos gays. O que tanto um lado quanto o outro não esperava é que a história é falsa. Vamos aos fatos.

A história ganhou “credibilidade” e chegou ao Brasil após um print de um jornal publicar o caso. Na capa, estava a foto do “Wolfman”. O que ninguém checou a real fonte da informação. O site Snopes aponta que a história surgiu no tabloide Sunday Sport. A veículo é uma mistura de fofocas com notícias falsas das mais bizarras como, por exemplo, “Asno assalta um banco” ou “Hitler era uma mulher”.

Mas e a foto? Seria ela uma prova do crime? Na realidade, também não. Ela não é de nenhum Harry Harrington. Ela circula na internet desde 2009 e já teve “outros nomes”.Já a foto de uma das “vítimas” do gay é do norte-americano Michael Patrick Kelly, preso em 2004 e não dos nomes citados acima.

Resumindo: a história que circula na internet é falsa. Foi inventada por um tabloide e republicada por muitos sites. Inclusive no Brasil. Não teve nenhum caso de estupro de assaltantes.

Ps: Esse artigo é uma sugestão dos leitores Samys Júnior e Alessandro Cyrino. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato pelo siteFacebook ou envie uma mensagem para o número (61) 99331-6821 no WhatsApp.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *