Notícia falsa: Daniel Alves atira coxinha para torcida em jogo do Brasil

By | 25/06/2014
Notícia falsa diz que Daniel Alves jogou coxinha na torcida

Notícia falsa diz que Daniel Alves jogou coxinha na torcida

Boato – Durante a estreia do Brasil na Copa do Mundo, o lateral Daniel Alves atirou uma coxinha na torcida que o vaiava.

Período de Copa do Mundo é sui generis. A matriarca da família, que impediu o filho de seguir o sonho de ser jogador de futebol, se veste de verde e amarelo. Pernas de pau convictos palpitam como se fossem verdadeiros comentaristas. Críticos ferozes do evento no país do futebol se rendem quando a bola rola nos estádios superfaturados que serão em breve, elefantes brancos.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Em meio a essa galhofa, surge uma notícia interessante: “Daniel Alves joga coxinha para a arquibancada”:

“12-06-2014 – ARENA CORINTHIANS – O lateral Daniel Alves agiu como um verdadeiro herói na luta contra a elitização do futebol. Numa explosão de espontaneidade, atirou uma coxinha na arquibancada. “Haaaaaaaaja requeijão, amigo”, berrou Galvão Bueno.

A atitude foi elogiada por todos os comentaristas da TV Globo. “É uma maravilha reunir todo esse PIB na arquibancada”, destacou Ronaldo. Em poucos minutos, Luciano Huck começou a vender camisetas com seu próprio rosto estampado. “

A cena teria sido histórica em uma abertura da Copa se não fosse um detalhe: é totalmente falsa. Explicando a brincadeira para as matriarcas e os pernas de pau: Daniel Alves protagonizou recentemente uma cena emblemática, ao saborear uma banana atirada contra ele num jogo da Liga Espanhola, e rapidamente virou ícone da luta contra o racismo no futebol.

Quase que ao mesmo tempo, uma gíria nova ganhou os gramados. Coxinha, passou a denominar, de forma pejorativa, aqueles torcedores de ocasião, de direita, que tem dinheiro para os caros ingressos cobrados pela Fifa e que postam fotos no Instagram dentro do estádio recém inaugurado.

E para fechar o quadro, o popular apresentador Luciano Hulk, parece ter encarnado o papel de embaixador oficial dos “coxinhas” no Brasil, por suas recentes declarações. E, quando Daniel Alves comeu a banana no estádio, logo colocou camisetas para vender e “apoiar o não-racismo”.

Para quem ainda não entendeu, toda esse papo de Daniel Alves, coxinha e Luciano Hulk só nos leva a uma conclusão: uma farsa! Mas, ainda que ficção, é louvável a intenção do texto do “The Piauí Herald”, famoso por suas críticas bem humoradas, tratando de temas atuais e “sérios” de uma forma satírica.

Portanto, nada mais que um “chiste” (termo espanhol apropriado para o atual momento da “fúria”) com o público presente na abertura da Copa. O mais estranho de tudo é ver que a história ainda passa por algumas pessoas como verdadeira.

PS: esse artigo foi uma sugestão da leitora Marilia Gomes de Freitas. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site ou pelo Facebook.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *