Não vai ter Copa: possibilidade de Copa no Brasil ser cancelada é nula

By | 04/02/2014
Protestos usam slogan Não Vai Ter Copa e levantam dúvidas sobre realização do torneio no Brasil

Protestos usam slogan Não Vai Ter Copa e levantam dúvidas sobre realização do torneio no Brasil

Boato – O povo brasileiro não quer a realização da Copa do Mundo no Brasil e país não vai sediar evento de futebol em 2014.

Desde os protestos de junho de 2013 (mesmo período em que ocorreram a Copa das Confederações), um grito ganhou força entre manifestantes no país: em pichações, protestos na rua e (principalmente) em redes sociais, quase todo brasileiro viu o termo “Não vai ter Copa”.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Na web, surgiram muitas iniciativas contra o desejo de realização da Copa do Mundo como, por exemplo, o vídeo gravado pela cineasta Carla Dauden. Ela gravou a mensagem em inglês “No, I’m not going to the World Cup” e, em alguns meses, conseguiu cerca de 3 milhões de visualizações. Veja o vídeo.

Entre as razões apontadas no vídeo estão as condições de vida no Brasil, o dinheiro que seria investido na construção de estádios e a falta de infraestrutura do país para receber o evento.

Além do vídeo de Carla, uma série de protestos intitulados “Não Vai Ter Copa” começou a ser realizado em diversas capitais do país em 2014. A primeira série dos protestos em 2014 foi realizada no dia 25 de janeiro. Mais alguns protestos já estão marcados, inclusive para o dia da abertura da Copa do Mundo, 12 de junho de 2014.

Pois bem. Neste sentido fica uma pergunta no ar: com tanta gente fazendo barulho (muitos com motivação puramente política e de olho nas Eleições de 2014) contra a realização do evento: é possível realmente a Copa do Mundo de 2014 não ser realizada no Brasil? A resposta é óbvia: não.

Em toda história da Copa do Mundo, apenas em duas oportunidades o torneio foi cancelado. Isso aconteceu nos anos de 1942 e 1946 por causa da Segunda Guerra Mundial. Em 1986, a Copa seria disputada na Colômbia. Mas em 1982, o país desistiu de sediar o evento e o México acabou sediando o evento.

Como pode se ver, apenas uma guerra ou uma desistência com grande antecedência fizeram a sede de uma Copa do Mundo mudar durante a história. Além disso, tudo está planejado para o evento. A grande maioria dos estádios já está pronta, ingressos já estão vendidos. E se há uma parcela da população que não quer Copa no Brasil, também há muita gente que quer o evento no país.

Claro que isso não significa que a Copa de 2014 não terá protestos e tampouco ficará livre do slogan “Não Vai Ter Copa”, que o próprio governo está tentando combater com o slogan “Vai Ter Copa”. É muito provável que manifestantes utilizem a visibilidade do país para protestar.

Tanto é verdade que algumas iniciativas estão sendo tomadas para se evitar (ou minimizar protestos durante a Copa do Mundo). Só para citar algumas: vão ser criados centros de monitoramentos durante a Copa e a Força Nacional irá atuar durante o evento.

Em resumo: apesar do slogan “Não Vai ter Copa” ganhar força na web, quase não há chances por questões logísticas do evento não ser realizado no Brasil. A única hipótese que poderia cancelar a Copa do Mundo seria uma tragédia de grandes proporções como a morte de alguém famoso ou de muitas pessoas.

Independente de ser um boa ou má ideia, haverá, sim, Copa do Mundo em 2014 e ela vai ser realizada no Brasil. E o Boatos.org não é o primeiro site a apontar isso. O blog de Márvio dos Anjos e o blog de Juca Kfouri já apontaram que, apesar dos protestos, vai ter Copa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *