Lutadora de vale tudo morre após enfrentar adversária trans na Malásia #boato

Boato – Uma lutadora de vale tudo chamada Shang Mau Bi morreu em decorrência a golpes sofridos após uma luta contra uma adversária trans, a belga Nilika Drobonev, na Malásia.

Em um tempo no qual o debate sobre a sexualidade está cada vez mais acirrado no Brasil, uma polêmica tem chamado atenção no esporte brasileiro. Depois que a jogadora de vôlei Tifanny (transexual) foi contratada pelo Bauru, muito se levantou sobre a justiça de ter homens que assumiram um gênero diferente do que lhe foi atribuído ao nascerem disputando competições femininas. Para apimentar a discussão, uma tragédia começou a circular online.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:

Se inscreva no nosso canal no Youtube

De acordo com uma notícia publicada em diversos blogs, a lutadora de vale tudo Shang Mau Bi (da Malásia) morreu após uma luta com uma lutadora trans chamada Nilika Drobonev (da Bélgica). A história foi publicada em “duas partes”. Na primeira, ela teria ficado “muito ferida” após a luta. Na segunda, ela morreu.

O título da matéria (a segunda) diz o seguinte: “LUTADORA DE VALE TUDO ENFRENTA ADVERSÁRIA TRANS E MORRE, FAMÍLIA ENTRA EM DESESPERO. A lutadora de Vale Tudo Shang Mau Bi faleceu neste domingo após ser nocauteada em uma luta de vale tudo, em Kuala Lumpur, na Malásia, no dia 21 do mês de janeiro Mau Bi foi encaminhada ao hospital”. Junto à notícia a uma foto de pessoas chorando. Leia a matéria (reprodução do Facebook):

Reprodução da notícia falsa que fala que lutadora de vale tudo morreu após lutar com trans
Reprodução da notícia falsa que fala que lutadora de vale tudo morreu após lutar com trans

Lutadora de vale tudo morreu após enfrentar adversária trans na Malásia?

A história foi muito compartilhada na internet e gerou manifestações de revolta por parte de muitos. Só tem um detalhe: a “notícia” não é verdadeira. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

O primeiro indício que nos levou a desconfiar de que a história é falsa está na fonte da informação. Pelo que levantamos, a história surgiu em páginas que costumam publicar notícias falsas (como “Hoje Notícias” e o “News Atual”). Só isso, já nos fez desconfiar de que era um boato.

O segundo ponto está em uma rápida pesquisa sobre o nome das lutadoras. Pelo que vimos, nem a malaia Shang Mau Bi nem a belga Nilika Drobonev (que nem é um nome belga, por sinal) existem. Uma rápida busca no Google só nos retorna o texto do boato.

A pá de terra na balela está nas fotos utilizadas para ilustrar o caso. A foto que seria da Shang Mau Bi é na verdade da lutadora sul-coreana Ham Seo-Hee em luta realizada em Seul no ano de 2014. A foto da família chorando é de um velório de um diretor de uma delegacia em 2015 na cidade de Suphan Buti, na Tailândia.

Resumo da ópera: história falsa, personagens falsos, a fonte são sites de fake news e as fotos de situações diferentes. Com isso, podemos cravar que é falsa a história que aponta que lutadora de vale tudo morreu após lutar com uma transexual na Malásia.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 994325485.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)