Dilma proíbe atletas de bater continência em hino no Pan? Não!

By | 17/07/2015

Boato – Dilma quer proibir que atletas brasileiros prestem continência enquanto o hino nacional estiver tocando em competições esportivas como os Jogos Pan-americanos. 

Os Jogos Pan-Americanos começaram no último dia 10 de julho e estão, de certa forma, ganhando destaque na mídia. Uma das coisas que estão chamando atenção dos espectadores brasileiros é o ato de alguns dos medalhistas. Quando o hino brasileiro está tocando, eles prestam continência.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Boato diz que Dilma quer proibir continência de atletas no Hino Nacional

Boato diz que Dilma quer proibir continência de atletas no Hino Nacional

 

Isso tem acontecido por que grande parte dos medalhistas brasileiros fazem parte do Exército. E, de acordo com o Comitê Olímpico Brasileiro, eles têm um acordo de saudar as Forças Armadas enquanto o hino toca.  “O COB entende, portanto, que a continência, além de regulamentar, quando prestada de forma espontânea e não obrigatória, é uma demonstração de patriotismo, sem qualquer conotação política”, diz o COB.

Mas a polêmica em relação à continência dos atletas chegou ao ápice quando um site chamado Canal 1 publicou uma denúncia de um estagiário do Palácio do Planalto disse que Dilma queria proibir os atletas de prestarem continência durante o Hino Nacional. Leia trechos:

Dilma estuda lançar uma proibição aos atletas brasileiros de prestar continência

Brasília, 15 de Julho de 2015 – Carlos Américo Fontin é estagiário da secretaria de Imprensa do Palácio do Planalto e informalmente comunicou aos repórteres do CANAL 1 que circulavam neste dia 15 de Julho no salão verde do Congresso sobre um comunicado que o Governo Federal apenas estuda em lançar a respeito dos atletas brasileiros ganhadores de medalha nos jogos do PAN- americanos que acontecem em Toronto no Canadá. O estagiário estava no Congresso sob ordens da Secretaria de Imprensa para transmitir informações a alguns deputados do PT(Partido dos Trabalhadores) e do PC do B (Partido Comunista do Brasil) quando encontrou com nossa equipe. Livremente a conversa era sobre mais do Ministro Edinho Silva apontado nos escândalos de corrupção da Operação Lava-Jato quando ele se reservava do assunto mas de maneira informal quis falar da questão dos atletas brasileiros no Canadá e disse simplesmente:

Carlos Américo: “O nosso secretário de Imprensa, senhor Olímpio Antônio, esteve em reunião com o alto escalão da secretaria… é que o pessoal teve uma pré-reunião com a própria presidente Dilma que, segundo eles, estava bastante aborrecida com o gesto de alguns atletas nossos no Pan terem saudado à bandeira batendo continência ao invés de ficarem em posição de sentido ou neutra… sei lá!!! Aos berros com dona Regina (Regina Silverio – Chefe de gabinete da secretaria) e com o ministro Edinho Silva, que saiu até antes… a presidente exigiu esclarecimentos do pessoal encarregado deles lá no Pan a respeito disso.”

Carlos Américo: “Por mim tudo bem… Já estou em final de estágio mesmo! Mas eu tive acesso à reunião e foi isso mesmo e até um pouco mais. É que a presidente tinha recebido uma asessoria do Rui Falcão… acho que é o chefe do partido dela…! Então… ficou entendido que fazer propaganda ou manifestar-se politicamente é proibido em eventos como o PAN.”

A presidente Dilma está muito aborrecida com o gesto dos atletas e quer baixar uma norma que parece reforçar uma determinativa que já existe nos comitês olímpicos e de outros eventos esportivos que proíbe os atletas de se manifestar gestualmente com características políticas. Só que o buraco é mais embaixo! O que se citou na reunião é que eles querem estender isso principalmente para as Olimpíadas no ano que vem e desde já com o PAN… O que me deixou espantado foi o fato de Rui Falcão comentar e a presidente concordar ainda aos berros que o gesto dos atletas pode contribuir para os simpatizantes da tal intervenção militar constitucional e reforçar o caráter militar de sucesso na psicologia do brasileiro de hoje.”

 

O texto acabou sendo republicado por diversas páginas de direta no Facebook como o Revoltados Online. Leia: 

DILMA QUER PROIBIR O GESTO DE AMOR E RESPEITO À NOSSA PÁTRIA.

Por que tanta preocupação? De acordo com o link abaixo, a presidentA, o planalto, os partidos aliados e até mesmo os de “oposição”, como o PSDB, estão preocupados com os gestos dos atletas e que isso seja usado na manifestação de 16/08. Segundo essas informações, a presidentA, aos berros, pediu providências e que falassem com o comitê do PAN para que nenhum mais repetisse o gesto, sob pena de represálias. Isso também será estendido para Olimpíadas de 2016 (acha ela que ainda estará no poder até lá).

 

Apresentada a história, vamos à nossa analise. Claro, como você deve imaginar, de que a história é falsa. O primeiro ponto está na fonte da informação. O tal site Canal 1 nada mais é do que uma página criada nos blogs Webnode. Apesar de o texto ser muito bem escrito, essa é a única página do site.

Então vamos raciocinar: eles estavam falando que cobriam a Operação Lava-Jato no Congresso. Mas como assim eles se organizam tão bem para coberturas se o site só tem uma notícia? E cadê a notícia da Operação Lava-Jato?

Além disso, tentamos procurar quem que era o tal sujeito, o estagiário Carlos Américo Fontin. Pasmem, antes do dia 15 de julho não havia uma atualização dele em redes sociais. Como que um estagiário de jornalismo, do governo, não tem sequer uma publicação, um blog, uma página do Facebook etc?

O texto também tem outros deslizes. No início, ele diz que é estagiário da Secretaria de Comunicação Social. No meio do texto, ele diz que leva papeis para deputados? Mas que raio de trabalho desse tem a ver com a Secom?

Junte isso à própria linguagem de “intervenção militar constitucional” (papo que quem quer a volta da ditadura) e chegamos à conclusão de que a história é falsa. Dilma tem muito mais no que se preocupar do que com a saudação de atletas nos Jogos Pan-Americanos.

PS: se você ainda não tinha visto como é a saudação durante o Hino Nacional, vamos a alguns exemplos: essa matéria do site da ESPN aponta que atletas do Judô cumprem o ato.  Essa matéria sobre nadadores que prestaram continência durante o Hino Nacional no Pan.

PS II: Esse artigo foi uma sugestão dos leitores Sandro Anderson e Sueli Campos. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site ou pelo Facebook.

 

3 thoughts on “Dilma proíbe atletas de bater continência em hino no Pan? Não!

  1. Gonçalo Junior

    Não é saldar as Forças Armadas quando o Hino toca como se refere o texto. É saldar o Brasil através do Hino Nacional Brasileiro e a Bandeira do Brasil. BOATOS.ORG está errado e contribuindo mal para o debate. Repito. Continência NÃO é SAUDAR AS FORÇAS ARMADAS e sim o BRASIL.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *