7 fake news sobre o Flamengo e jogadores do time que já viralizaram na web

Vandalismo, torcida, goleiro Bruno, o imperador Adriano, quebra-quebra no Maracanã e outras coisas. Não faltam exemplos. O Clube de Regatas Flamengo tem sido alvo de diversas fake news na internet. Por isso, separamos sete boatos para você saber e não repassar!

Se existe um time no Brasil capaz de causar comoção, esse é o Flamengo. O clube rubro-negro é um dos mais antigos do país e já foi casa de vários craques brasileiros e internacionais. E é claro que, com toda sua história e representatividade, as fake news não ficaram longe por muito tempo.

E parece que hoje, o clube rubro-negro caiu no gosto daqueles que adoram inventar e espalhar boatos por aí. Sejam histórias envolvendo o clube, seus atletas ou seus torcedores, as fake news correm na velocidade da luz (e causam estragos no mesmo ritmo).

E assim como no Fantástico (quem marca 3 gols tem direito de pedir música), aqui no Boatos, quem chega a 7 desmentidos ganha uma lista. Por isso, escolhemos 7 boatos que circularam na internet envolvendo o nome do Clube de Regatas Flamengo para você não compartilhar! Confira.

1 – Torcida do Flamengo quebrou o Maracanã em 2018

Vamos começar pela mais recente. Nesta semana, o nome do Flamengo foi envolvido em um verdadeiro “escândalo”. Sem poder receber sua torcida em jogos da Copa Libertadores de 2018, devido a um incidente na Copa Sul-Americana 2017, o clube resolveu fazer um treino aberto. De acordo com postagens em redes sociais, os torcedores promoveram um verdadeiro quebra-quebra, destruindo as cadeiras do Maracanã. A história não passava de balela e o vídeo usado na divulgação do boato era antigo, da confusão na final da Copa Sul-Americana de 2017. Ou seja, um post mal intencionado usando imagens antigas.

2 – Trocaram leite em pó por areia para entrar de graça

Essa história circulou junto com a história do quebra-quebra no Maracanã durante essa semana. Segundo as postagens, além dos torcedores do Flamengo terem destruído as cadeiras do Maracanã, eles também colocaram areia dentro de potes de Leite Ninho para entrar no estádio. A prova da fraude estaria nas imagens que mostram os torcedores jogando o conteúdo da lata em outras pessoas. A realidade? Essa história é falsa também. As imagens são de outro momento (em 2007) e nem são de areia (ou Leite Ninho). Essa confusão ocorreu quando o clube e a empresa Nestlé prometeram ingressos para um jogo contra o Atlético (PR) em troca de Neston. Vários torcedores ficaram horas na fila e não conseguiram os ingressos, gerando a confusão. Ou seja, nada a ver com 2018, Leite Ninho, ou areia.

3 – Mataram a bandeirinha que apitou a eliminação contra o Atlético (PR)

Essa é clássica. Que o futebol é machista, isso todo mundo sabe. E se a situação já está feia com jornalistas (há inclusive um caso recente com uma colega minha de turma), imagina com as bandeirinhas. Em 2017, surgiram informações de que a ex-bandeirinha Fernanda Colombo teria sido morta por conta de futebol e de ciúmes do marido. Na época, as postagens davam conta que Fernanda teria arbitrado o jogo entre Flamengo e Atlético (PR). Novamente, a história nada tem a ver com as imagens usadas. Fernanda continua bem e viva. Ou seja, #boato.

4 – Zico denuncia a roubalheira contra a Portuguesa

E se tem uma coisa que causa mais revolta do que uma simples derrota, essa é uma derrota envolvendo erros de arbitragem ou escalações irregulares. Em 2013, a Portuguesa se viu em uma verdadeira crise após ser punida por uma escalação irregular, entrando em uma sequência de rebaixamentos. En 2017, postagens afirmavam que o craque Zico teria feito um texto lamentando a situação do clube paulista e alfinetando o Flamengo, por supostamente ter se favorecido em um jogo de Libertadores contra o Atlético (MG). Mas para alívio geral da nação flamenguista, o ex-craque rubro-negro não disse absolutamente nada. A “declaração” teria vindo de um perfil não-oficial de Zico. Sendo assim, não passou de balela.

5 – O flagra do presidente Bandeira de Mello

E se histórias envolvendo torcedores e ex-craques não foram o suficiente, senta que lá vem mais bomba. Em 2016, uma postagem que surgiu nas redes sociais afirmava que o então presidente Bandeira de Mello teria sido flagrado tendo relações íntimas com outro homem em um banheiro do clube. O fato é que o vídeo que acompanha a postagem já tinha sido usado em outras histórias, uma delas envolvendo o ex-presidente do São Paulo. Antes disso, as imagens também foram usadas para sustentar mentiras fora do país, como no México. Ou seja, a história é mais falsa do que nota de R$3.

6 – O imperador Adriano está na sarjeta

O assunto Adriano é outro muito comum nas redes sociais. Volta e meia, uma história estranha envolvendo o ex-craque vem à tona. E, bom, essa não poderia ser diferente. De acordo com essa postagem, o imperador Adriano teria sido flagrado em uma praia, depois que o vício em drogas o transformou em mendigo. A história é tão bizarra que é impossível não rir. Na verdade, o imperador Adriano estava na praia de Búzios (uma das mais caras do RJ) e parou para tirar fotos com fãs. Ou seja, estava de bermuda e descalço (roupa típica de quem está na praia). O fato é que Adriano passa bem e ainda não está dormindo nas ruas. Fiquem tranquilos. Essa história não passou de #boato.

7 – Mataram o Bruno, o goleiro do Flamengo

O nome do ex-goleiro Bruno é um assunto que sempre causa polêmica (e muitos boatos). Desde que foi preso, Bruno já foi envolvido em diversas fake news na internet. Uma delas, inclusive, dava conta de que ele teria sido morto na prisão. Segundo as postagens, o ex-goleiro Bruno teria sido espancado até a morte em sua cela. A postagem também trazia uma foto de supostos policiais recolhendo um corpo. O fato é que Bruno não morreu (ele continua vivo e preso, em Minas Gerais). A imagem que acompanha o boato também ajuda a entender o porquê a postagem seria falsa: são Bombeiros com a bandeira do RJ (Bruno está preso em MG) trabalhando em um acidente que ocorreu em Campos (RJ). Ou seja, não há nenhuma relação. A história é falsa!

2 comentários em “7 fake news sobre o Flamengo e jogadores do time que já viralizaram na web

  • 01/05/2018 em 16:40
    Permalink

    Ah não. Clubismo em um site de informação? O boato é que foi agora, em 2018, que quebraram as cadeiras do Maracanã. Ele explica que foi na final da Copa Sul Americana de 2017, quando o Flamengo foi eliminado pelo Independiente.
    Por favor, Sr. Editor, faça uma versão do site com linguagem bem rasteira pra esse povo que não sabe interpretar texto.

    Resposta
  • 21/04/2018 em 16:41
    Permalink

    Vcs só “esqueceram” de dizer que foi a torcida do Flamengo que quebrou as cadeiras do Maracanã. Em outra data. Mas, quebraram. Corrige lá, pra não ficar tão evidente pra qual time vc ( quem escreveu) torce.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)