Lorota: existe vida após a morte, dizem cientistas alemães

By | 01/10/2014
Cientista citado em matéria falsa é médico norte-americano

Cientista citado em matéria falsa é médico norte-americano

Boato – Cientistas alemães descobriram que existe vida após a morte. Processo envolve mistura de drogas

Você acredita em vida após a morte? Uma questão complicada de responder, pois envolve um assunto que muitos detestam discutir: religião. Pois este texto fala de vida pós morte, mas não estamos aqui para discutir crenças e religiosidade, e sim, para falar da mais pura ciência!

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Pois bem, uma equipe de médicos e psicólogos da Technische Universität Berlin conseguiu provar, a partir de experimentos, que existe vida após a morte! A notícia começou a circular em agosto de 2014 e já teve milhares de compartilhamentos.

Segundo as informações divulgadas pelo World News Daily Report, o experimento foi realizado em 944 voluntários nos últimos quatro anos. “O processo necessita de uma mistura complexa de drogas, incluindo adrenalina e dimetiltriptamina, destinado a permitir que o corpo possa sobreviver ao estado de morte clínica e ao processo de reanimação, sem danos. O corpo do indivíduo é então colocado em um estado comatoso temporário induzido por uma mistura de outras drogas que tiveram que ser filtrada pelo ozônio a partir de seu sangue durante o processo de reanimação, 18 minutos mais tarde”.

A equipe de cientistas, liderada pelo Dr. Berthold Ackermann, relatou que todos os indivíduos tinham alguma lembrança dos 20 minutos em que estiveram mortos. Uma verdadeira revolução no que diz respeito às pesquisas científicas, desvendar um dos maiores mistérios da humanidade! Porém, tudo não passa de ficção!

Primeiro, a Technische Universität Berlin existe sim, mas é preciso lembrar que os criadores de boatos costumam utilizar instituições conhecidas em seus textos para garantir credibilidade. É só entrar no site da Universidade e com uma rápida pesquisa se constata que não há nenhum conteúdo relacionado ao experimento do Dr. Ackermann.

Falando em Dr. Berthold Ackermann, quem é esse ser? Onde vive? O que faz? Quais são suas outras realizações nesta vida? Perguntamos ao nosso querido colega Google, e adivinhem? A única coisa que fez e a única vez que é citado é nesse experimento.

Os únicos resultados para Berthold Ackermann são: um artista que vive em Dallas (EUA) e um homem que faleceu aos 72 anos em março de 2014. O médico da foto que ilustra a matéria é o Dr. Bruce Ribner, e a imagem foi retirada do site CBNNews.

Mas se você ainda acha que pode ter um pingo de verdade nessa história, eis a cartada final. O tal Daily Report, site onde a notícia saiu pela primeira vez, é descrito da seguinte maneira:

World News Daily Report é uma publicação de notícias e sátira política, que pode ou não pode usar nomes reais, muitas vezes de forma semi-reais ou fictícios em sua maioria. Todos os artigos de notícias contidos worldnewsdailyreport.com são ficção, e notícias presumivelmente falsa. Qualquer semelhança com a verdade é mera coincidência, com exceção de todas as referências a políticos e / ou celebridades, caso em que eles são baseados em pessoas reais, mas ainda se baseia quase inteiramente na ficção.

Se tudo isso ainda não te contenta, vale ressaltar: um médico nunca teria autorização para colocar praticamente mil vidas em jogo. Além disso, provavelmente não encontraríamos tantas pessoas dispostas a perder a vida pela ciência (pelo menos não dessa forma concentrada). Portanto, minha gente, é tudo invenção!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *