Wagner Schwartz, coreógrafo do La Bête, é morto a pauladas #boato

Boato – Coreógrafo Wagner Schwartz, que fez a performance La Bête no MAM, foi morto a pauladas quando chegava em casa na zona sul em São Paulo.

Depois da polêmica sobre a exposição “Queermuseu – Cartografias das Diferença na Arte Brasileira” no Santander Cultural, em Porto Alegre, chegou a vez do Museu de Arte Moderna (MAM), no Ibirapuera, em São Paulo, ser acusado de incitar a pedofilia.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:

Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99432-5485 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Isso porque a apresentação do artista Wagner Schwartz, na estreia do 35° Panorama de arte Brasileira, gerou polêmica nas redes sociais após a divulgação de um vídeo em que uma criança aparece tocando em seu corpo nu. A performance chamada “La Bête” foi inspirada em um trabalho de Lygia Clark.

Após a repercussão do vídeo, várias histórias surgiram na internet. Em uma delas, as informações apontam que o coreógrafo Wagner Schwartz do La Bête foi morto a pauladas em São Paulo. A prova cabal seria uma imagem. Confira o texto, publicado em blogs:

Print de notícia falsa sobre a morte do coreógrafo Wagner Schwartz do La Bête.
Print de notícia falsa sobre a morte do coreógrafo Wagner Schwartz do La Bête.

Wagner Schwartz, coreógrafo do La Bête, foi morto a pauladas em SP?

Muita gente saiu compartilhando a notícia a torto e a direito sem saber se as informações eram verdadeiras. Pois bem, o que de fato sabemos é que essa história é falsa. O coreógrafo não foi morto a pauladas, aliás, não foi morto de forma alguma. Vamos aos fatos.

Para começo de conversa, a história foi publicada em vários blogs conhecidos por espalhar boatos por aí. Como você deve imaginar, não encontramos nada sobre o assunto em portais de notícias confiáveis. Quer dizer, até encontramos, mas foi o desmentido.

Quanto a imagem que estão espalhando por aí, saiba que o homem ensanguentado que aparece na verdade é Eli Sandro Macarenhas, de 27 anos, conhecido como “Baiano”, que foi morto a tiros em março de 2016, em Altônia, no Paraná.

Por fim, nem precisamos dizer que o texto possui características de boatos: alarmistas, sem datas e fontes confiáveis. E mais, histórias como essa são figurinhas carimbadas no mundo da boataria. Lembra do menino tatuado na testa que foi encontrado morto ou do homem que ejaculou em passageira e foi espancado? O roteiro é sempre o mesmo: personagem polêmico e um final trágico. Pronto, nasce um boato.

Sendo assim, podemos cravar que a história de que Wagner Schwartz, coreógrafo do La Bête, é morto a pauladas em São Paulo é #boato. O coreógrafo não foi morto e muito menos a pauladas.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão dos leitores José Mario Travessa, Sandra Corrêa, Gabriel de Almeida e diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 994325485.

3 comentários em “Wagner Schwartz, coreógrafo do La Bête, é morto a pauladas #boato

  • 03/10/2017 em 17:36
    Permalink

    Muito bom o trabalho de Vcs, parabéns.
    Todas as vezes que recorro a vcs, me informam: no site.
    Sugiro, que cada assunto tenha um número ou código, ao fazer uma consulta, a resposta venha acompanhada de: no site cód. n. xxxxx.
    Com certeza vai ajudar muito e agilizar a pesquisa.
    Grato pela atenção. JD.

    Resposta
  • 02/10/2017 em 15:00
    Permalink

    Bom dia, gostaria de saber se essa notícia da GshowPlay de que o ator foi preso por causa do Pr Feliciano e pelo um juiz (sem identificação). Agradeço a ajuda e o bom trabalho de vocês.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)