Vice-cônsul da Rússia matou assaltante no Rio de Janeiro #boato

By | 05/08/2016

Boato – Assaltante tentou roubar o vice-cônsul da Rússia e se deu mal. Foi morto após ele reagir à abordagem.

Uma das maiores preocupações durante as Olimpíadas é em relação à segurança. O histórico de violência do Rio de Janeiro deixou diversos estrangeiros com medo da cidade. Uma notícia que circula na web pode reforçar ainda mais este medo. Ela aponta que o vice-cônsul da Rússia matou um ladrão ao reagir a um assalto.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Vice-Consul da Rússia matou assaltante, diz boato

Vice-Consul da Rússia matou assaltante, diz boato

A informação foi publicada por diversos portais no Brasil (como O Globo, Extra, Estadão, Veja e outros) e no exterior (The Guardian e Daily Mail). Ou seja, correu o mundo. Leia uma das versões do texto:

O vice-cônsul da Rússia no Rio de Janeiro reagiu a um assalto na tarde desta quinta-feira na cidade e matou o assaltante, de acordo com a Polícia Civil. O incidente ocorreu na Avenida das Américas, uma das principais vias da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.

Segundo informações da polícia, o assaltante morreu ainda no local, na altura do número 6.101 da avenida, no sentido do Recreio dos Bandeirantes. A Delegacia de Homicídios da Capital informou que o vice-cônsul lutou com o agressor, conseguiu tomar a arma dele e atirou. Ele estava acompanhado da esposa e da filha no carro, quando foi abordado pelo bandido, que dirigia uma moto.

A perícia foi realizada e diligências estão em andamento. A identidade do morto não foi revelada. O consulado da Rússia no Rio informa que dará mais informações sobre o caso amanhã a partir das 9h, porque o expediente hoje já havia sido encerrado.

Vice-cônsul da Rússia matou ladrão?

Não precisa nem falar que a história viralizou nas redes com direito a comentários do tipo “não vamos mexer com os russos”, “os russos são fogo” e outros. Mas será mesmo que essa história é verdade. Na realidade não. Vamos aos fatos.

A história foi desmentida por alguns dos veículos de comunicação que publicaram a informação. Após apuração (nem muito grande assim), descobriram que a tese de que o homem que matou o assaltante era vice-cônsul da Rússia não era real. Na realidade, ele tinha documentos falsos. De acordo com o embaixador do país no Brasil, sequer existe esta função por aqui.

Ou seja, um homem sofreu um assalto, reagiu, tomou a arma do ladrão, atirou nele, foi detido, mostrou documentos falsos, a polícia divulgou a história e a imprensa replicou. Só depois que a farsa caiu. Resumindo: uma história mal contada virou boato. Mais um que circula por aí.

Ps.: Esse artigo foi uma sugestão do leitor (e amigo) Rodrigo Menegat. Se você que sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato pelo site ou Facebook.

2 thoughts on “Vice-cônsul da Rússia matou assaltante no Rio de Janeiro #boato

  1. Adriano Cardoso

    Então não é tão boato assim, eu ouvi nas rádios aqui do RJ, mas estranhei o Delegado não querer dar entrevista, infelizmente o cara que estava com a família no carro segundo a Rádio Band News Fluminense e Tupi, vai sofrer processo por uso de documentos falsos,rss

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *