Toque de recolher na Tijuca, no Rio de Janeiro, a partir de hoje #boato

By | 25/11/2016

Boato – Facção da Cidade de Deus está promovendo arrastões na região da Tijuca, Vila Isabel e Grajaú. Toque de recolher foi imposto no Rio de Janeiro.

Desde que o helicóptero da polícia do Rio de Janeiro caiu, no dia 19 de novembro de 2016, diversas notícias falsas sobre segurança na cidade têm se espalhado na internet. A última delas deixou muita gente das regiões da Tijuca, Vila Isabel e Grajaú (Zona Norte da cidade) apreensivas. Elas dá conta que um toque de recolher vai acontecer “hoje” a partir das 22h.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Boato que aponta que facção da Cidade de Deus impôs toque de recolher na Tijuca é falso

Boato que aponta que facção da Cidade de Deus impôs toque de recolher na Tijuca é falso

O texto, que circula por WhatsApp e Facebook, aponta que a “mesmo facção da Cidade de Deus” vai promover arrastões, assaltos e furtos no local. Leia o texto que tem circulado na internet e deixa muita gente preocupada.

‼ *ATENÇÃO* ‼ A região da *Grande Tijuca, Vila Isabel e Grajaú* está com toque de recolher a partir de hoje. Bandidos da mesma *facção da Cidade de Deus* vão estar nas ruas a partir das *22hrs* todas as noites, promovendo *arrastões, assaltos e furtos*. Todo cuidado é pouco! Repassem à todos e avisem aos parentes e conhecidos que moram nessas regiões.

Toque de recolher vai acontecer na Tijuca, no Rio de Janeiro, a partir de hoje?

A história foi compartilhada a torto e a direito, mas a questão é: será mesmo que está acontecendo um toque de recolher nas regiões citadas acima? Se está aqui, você deve imaginar que se trata de um boato. Vamos aos fatos.

Quando recebemos a mensagem, ficamos imediatamente com o “dedo coçando” para escrever o desmentido da história. Afinal, o texto conseguia contemplar todos os elementos dos boatos modernos que circulam online: é alarmista, pede compartilhamento, tem um bocado de informações vagas, erros de português e ainda bate numa tecla que já foi desmentida há alguns tempos (afinal, essa história de toque de recolher é velha).

Mesmo assim, esperamos por duas coisas (afinal, não seríamos irresponsáveis de desmentir uma informação dessa gravidade sem ter certeza): a primeira delas foi fazer uma observação para verificar “como estava a vida nas regiões citadas” após o ocorrido. Como podemos perceber, em uma ronda de notícias, nada aconteceu depois que o toque de recolher foi “imposto via WhatsApp”.

A segunda coisa que estávamos esperando era um desmentido oficial. E ele veio por meio da conta da Polícia Militar do Rio de Janeiro no Twitter. Leia o que eles publicaram: “#ÉBOATO Não é verdadeira a mensagem a respeito de toque de recolher imposto por criminosos na região da Grande Tijuca. #PMERJTrabalhando”.

Junte essas duas informações com mais dois pensamentos lógicos: a regiões citadas têm policiamento ostensivo (ao contrário de algumas comunidades onde o tráfico “manda”). Na Tijuca, Grajaú e Vila Isabel seria mais complicado impor o tal “toque de recolher”.

A segunda coisa a se observar é que o WhatsApp não é a melhor forma de se impor um toque de recolher. Normalmente, os traficantes usam um método mais direto: intimidação com armas. Vale apontar que, por exemplo, a comunidade do Lins (na capital carioca) teve o toque de recolher.

Resumindo: a história que aponta que foi imposto um toque de recolher na Tijuca é falsa. Não passa de mais um dos muitos boatos sobre segurança pública que circulam pelas redes sociais. Mais uma balela.

PS: Esse artigo foi uma sugestão dos leitores Roseli de Paula, Marcela Zampronha, Marcio Carvalho, Márcia Dias e outras 3 pessoas. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook ou WhatsApp, no telefone (61) 99331 6821.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *