Toda cobrança de taxa de incêndio é inconstitucional #boato

Boato – Cobrança de taxa de incêndio é ilegal. O Supremo Tribunal Federal estabeleceu que a taxa é proibida pela Constituição.

Podemos dizer que, em termos de taxas, o brasileiro já paga bastante coisa. Segundo pesquisa feita pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário, anualmente a população trabalha 5 meses apenas para pagar impostos.  No entanto,  o mesmo órgão apurou que na lista dos 30 países com maior carga tributária do mundo, o Brasil ocupa o último lugar quanto ao retorno em bem-estar para a sociedade.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99331-6821 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Diante disso, não é de se impressionar que as pessoas fiquem cada vez mais desconfiadas com novas cobranças. Foi o que aconteceu há pouco tempo quando muita gente começou a compartilhar que o boleto para pagamento da taxa de incêndio era falso.

Explicamos aqui no Boatos.org que a cobrança não era falsa e que essa corrente espalhou uma desinformação. Agora, aqui estamos para esclarecer mais um ponto sobre a cobrança que está se espalhando nas redes sociais: estão falando que toda taxa de incêndio é inconstitucional, será? Confira algumas mensagens:

“Não se deve pagar taxa de incêndio, ela e inconstitucional”. “STF instituiu que a taxa de incêndio é inconstitucional! Vamos apurar a veracidade da notícia!”. “TAXA DE INCENDIO NÃO PAGUE O SUPREMO JULGOU INSCONTITUCIONAL”

A cobrança da taxa de incêndio é inconstitucional?

Apesar de ter se espalhado rápido, a história da taxa de incêndio é mais uma repercussão errada sobre a cobrança. Depois que ficou esclarecido que os boletos que estão chegando com a cobrança não são falsos, também é preciso esclarecer que a cobrança da taxa de incêndio não é inconstitucional, pelo menos não completamente. Confuso? Nós explicamos.

Acontece que as pessoas estão compartilhando a informação de que o STF julgou inconstitucional a cobrança. Isso é verdade, porém falta informação aí. O Supremo definiu que cobranças realizadas pelos MUNICÍPIOS são inconstitucionais. Ou seja, as cidades não tem permissão de fazer isso.

Apenas para esclarecimento, o processo foi aberto pelo município de São Paulo que pedia pelo deferimento (decisão favorável) da taxa em contra do governo do Estado que pedia a inconstitucionalidade da mesma. Aqui é possível conferir passo a passo o processo no Supremo, cuja decisão foi publicada em 24/05:

Decisão: O Tribunal, apreciando o tema 16 da repercussão geral, por maioria e nos termos do voto do Relator, negou provimento ao recurso, vencidos os Ministros Luiz Fux, Dias Toffoli, Alexandre de Moraes e Gilmar Mendes. Em seguida, o Tribunal deliberou fixar tese de repercussão geral em assentada posterior. Ausente, justificadamente, o Ministro Celso de Mello. Presidência da Ministra Cármen Lúcia. Plenário, 24.5.2017.

Assim, o STF entendeu que cabe aos estados fazerem a cobrança da taxa para manutenção das corporações, mas os municípios não. Isso inclui o Corpo de Bombeiros, instituição estadual vinculada à Polícia Militar.

Portanto, vale reforçar que nem toda cobrança de taxa de incêndio é inconstitucional. As que são provenientes dos municípios são, mas os boletos enviados pelo Governo do Estado precisam e devem ser pagos. Não vá ficar inadimplente porque acreditou no colega que leu a informação pela metade. Por que, como no jargão futebolístico, a regra é clara – meia informação é #boato também.

PS: Esse artigo foi uma sugestão de diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook ou WhatsApp, no telefone (61) 99331 6821.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)