Sérgio Moro escreveu texto “quando se tem oportunidade de furtar” #boato

Boato – Juiz Sérgio Moro escreveu uma carta ao povo brasileiro. No texto, ele cita pessoas que “quando se tem oportunidade de furtar, não se perde a oportunidade”.

Volta e meia, alguns textos bem interessantes aparecem na internet. Escritos por “desconhecidos”, alguns destes pensamentos acabam, apesar de válidos, caindo no esquecimento. Entre os que acabam caindo no “gosto do povo”, alguns sofrem uma “pequena” modificação: em vez do autor original, é colocado o nome de alguém famoso.

STF envia inquérito de Lula para Sérgio Moro, diz boato
Sérgio Moro escreveu texto falando “quando se tem a oportunidade de furtar”, diz boato

Aqui no Boatos.org, já desmentimos uma dúzia deste tipo de texto. Muitos deles têm como tema a corrupção. Só sobre o assunto, já desmentimos textos que não foram de Roger (vocalista do Ultraje a Rigor), o presidente da OAB e Zagallo. Estava demorando para surgiu um texto sobre o juiz Sérgio Moro.

Em um cenário onde quem ama o juiz publica boatos sobre ele e quem odeia também publica, a mais nova história sobre Moro dá conta que ele escreve um texto sobre corrupção. O cita as pessoas que quando se tem oportunidade de furtar, não se perde a oportunidade. Leia ele na íntegra:

Quando se tem oportunidade de furtar R$ 0,50(cinquenta centavos) tirando fotocópia pessoal na máquina Xerox do trabalho, não se perde a oportunidade.

Quando se tem oportunidade de furtar R$ 5,00 (cinco reais) levando para casa a caneta da empresa, não se perde a oportunidade.

Quando se tem a oportunidade de furtar R$ 25,00(vinte e cinco reais) pegando uma nota mais alta, na hora do almoço, para a empresa reembolsar, não se perde a oportunidade.

Quando se tem a oportunidade de roubar R$ 30,00 (trinta reais) de um artista comprando um DVD pirata, não se perde oportunidade.

Quando se tem a oportunidade de furtar R$ 250,00 (duzentos e cinquenta) comprando uma antena desbloqueada que pega o sinal de satélite de todas as TV’s a cabo, não se perde a oportunidade.

Quando se tem a oportunidade de furtar R$ 469,99 da Microsoft baixando um Windows crackeado num site ilegal, não se perde a oportunidade.

Quando se tem a oportunidade de furtar R$ 2.000,00 (dois mil reais) escondendo um defeito do seu carro na hora de vendê-lo, enganando o comprador, não se perde a oportunidade. 

Muitos  não  perdem  nenhuma oportunidade, devolvem a carteira mas furtam o dinheiro, sonegam imposto de renda, dão endereço falso para adquirir benefícios que não tem direito, etc, etc. etc…

Bom, se você trabalhasse no Governo, e caísse no seu colo a oportunidade de roubar R$ 1.000.000,00 (um milhão), com certeza, se você não perde uma oportunidade iria aproveitar mais esta oportunidade. Tudo é uma questão de acesso e oportunidade.

O povo brasileiro precisa entender que o problema do Brasil não são só a meia dúzia de políticos no poder lá em cima, pois eles, são apenas o reflexo dos quase 200 milhões de oportunistas aqui embaixo.   Os  políticos  de  hoje foram ontem oportunistas e senão mudarmos a estrutura de valores de nossa sociedade e trazer a Ética e a Moral como pilares do comportamento nunca seremos um povo realmente honesto e justo!

Sérgio Moro

Sérgio Moro fez texto “quando se tem oportunidade de furtar”?

Não vamos entrar no caráter do texto, afinal não somos um site para analisar a qualidade de um pensamento. Vamos ao ponto: ao contrário do que muitas pessoas que compartilharam imaginam, não foi o juiz Sérgio Moro que escreveu o texto.

Antes de ele ser atribuído ao juiz Sérgio Moro, o pensamento foi colocado como “autor desconhecido”, mas o primeiro registro que se tem é deste post no Facebook. De acordo com o autor do post (que é pastor de uma igreja), a fala é de uma palestra que ele deu sobre corrupção.  

Para além disso, não temos nenhuma declaração pública do juiz Sérgio Moro citando tais palavras. É fato que ele já deu diversas declarações falando sobre a corrupção e a falta de ética no cotidiano. Porém, nunca com as palavras acima.

Resumindo: o texto que fala quando se tem oportunidade de furtar, não se perde a oportunidade” não é do juiz Sérgio Moro. Quem escreveu e publicou na internet foi um outro autor.

Ps: Esse artigo é uma sugestão dos leitores Jane Nunes e mais duas pessoas que não se identificaram pelo WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato pelo siteFacebook ou envie uma mensagem para o número (61) 99331-6821 no WhatsApp.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

7 comentários em “Sérgio Moro escreveu texto “quando se tem oportunidade de furtar” #boato

  • 27/01/2017 em 21:24
    Permalink

    Interessante este Site boatos.org,
    Vou me reportar ao site sempre que desconfiar que é algo falso no whatsapp. Foi uma amiga que me enviou este site.

    Resposta
  • 21/11/2016 em 11:48
    Permalink

    Quando se tem um texto muito, as pessoas não perdem a oportunidade em adulterá-lo e transformá-lo em hoax.

    Resposta
  • 20/11/2016 em 09:24
    Permalink

    Este texto como está organizado, pode até ter sido montado pelo Pastor Creuse, mas, várias partes já circulam a vários e vários anos… Desde o tempo do papel.

    Resposta
  • 23/10/2016 em 16:40
    Permalink

    Olá, é verdade, o texto é meu, meu nome é Creuse Santo, sou pastor da Igreja Batista, escrevi esse texto há quase um ano como parte de uma palestra que dei sobre ética, moralidade, corrupção e a Bíblia. É só olha no meu Facebook e verão que meu texto é mais antigo do que qualquer outra publicação desse texto. Aliás meu texto já foi plagiado com nome de outros famosos, e até publicado em um jornal do Nordeste com nome de outra pessoa. Esse plágio do meu texto só comprova o conteúdo do texto, não perderam a oportunidade de roubá-lo. De qualquer forma, não me interesso por fama, e o que me importa é que haja reflexão e crescimento pessoal através da mesma.

    Resposta
  • 23/10/2016 em 11:05
    Permalink

    Eu recebi ontem este texto por whatsapp e não compartilhei porque achei que não parecia do juiz …parecia mais uma aula, palestra…muito didático e repetitivo.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)