Papacapim pede que mensagem no WhatsApp seja compartilhada #boato

Boato – Cláudio dos Santos, conhecido como Papacapim, pede que mensagem seja compartilhada no WhatsApp para que ele receba doações.

Em junho de 2017, um alagoano ficou famoso na internet. Depois de postar um vídeo em um grupo de passarinheiros, o pedreiro Cláudio dos Santos (também conhecido como Dinho Kapp) conquistou a internet com simpatia, sorriso e dentes desalinhados. Neste dia, ele ganhou mais um apelido: Papacapim.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99432-5485 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Dias após a fama dele estourar na internet, ele fez um apelo às pessoas. Como a mulher dele estava doente, Cláudio pediu doações de sangue para ela. É claro que a campanha fez sucesso. Hospitais de Alagoas chegaram a parar de aceitar as doações em julho deste ano.

Agora, um novo “pedido” chegou à internet. De acordo com um texto que circula online, Papacapim estaria pedindo o compartilhamento de uma mensagem (com um link para um site no qual vamos falar mais para frente) para que ele ficasse “conhecido” e o tratamento da esposa fosse pago. Leia:

Meu nome é Claudio dos Santos, mais conhecido como Papacapim e estou aqui pra pedir um favor pra vocês. NÃO É DINHEIRO. A minha esposa está com câncer, e eu não tenho condições de pagar o tratamento, pois apesar de ser famoso no Brasil inteiro, eu sou muito pobre. Trabalho como pedreiro e o que ganho mal dá pra comprar de comida.

Mas não quero dinheiro nem doações, só quero que você compartilhe essa mensagem com o máximo de pessoas que conseguir, para que algum apresentador ou político possa me ajudar. Amo muito minha esposa e tenho medo de perder ela pra essa doença. Talvez se fosse putaria, todo mundo estaria compartilhando, mas como é solidariedade, poucos irão dar atenção. Mas os poucos que compartilharem, será uma ajuda imensa.

Papacapim pediu que mensagem no WhatsApp seja compartilhada?

A história foi publicada na internet no início de agosto e, em poucos dias, recebemos diversos pedidos de averiguação se a história era verdadeira ou falsa. Aqui está o veredicto: ela é falsa.

É fato que a esposa de Cláudio está doente. Porém, ele não apareceu em nenhum momento na internet para pedir doação de dinheiro (ele chega até desmentir isso neste vídeo, no qual fala que muitas pessoas querem se aproveitar da fama dele para aplicar golpes) e nem compartilhamentos.

Viramos e reviramos a internet para achar alguma declaração dele a respeito. A única coisa que encontramos foi a notícia “escrita” no site que tem o link ao final da mensagem. Detalhe: o site é mesmo que publicou notícias falsas sobre o atentado a Tiririca e a doença de Nataline. Ou seja, um site de fake News.

Resumindo: a história que aponta que Cláudio dos Santos, conhecido como Dinho Kapp e Papacapim, pediu compartilhamento no WhatsApp é falsa. É só uma mensagem para, com o perdão da palavra, enganar trouxa e fazer um site faturar com balelas por aí.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook ou WhatsApp no telefone (61) 99331-6821.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

2 comentários em “Papacapim pede que mensagem no WhatsApp seja compartilhada #boato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)