Nitrato de prata matou arraias na Baía da Guanabara #boato

By | 20/07/2016

Boato – Prefeitura do Rio de Janeiro jogou nitrato de prata na Baía da Guanabara para as Olimpíadas e matou centenas de arraias.

Os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro estão chegando e os boatos também. Pode se preparar porque quanto mais próxima a competição estiver de começar, mais teorias da conspiração você vai ver na internet.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Arraias morreram por causa de nitrato de prata na Baía da Guanabara, diz boato

Arraias morreram por causa de nitrato de prata na Baía da Guanabara, diz boato

A última delas dá conta que centenas de arraias morreram na Baía da Guanabara (no Rio de Janeiro) e que o motivo foi o uso de nitrato de prata nas águas poluídas do local. A história surgiu por meio de um vídeo de um suposto pescador, que faz a denúncia e mostra animais mortos. Leia textos que acompanham a história:

Olhem o absurdo que as autoridades ( im) competentes estão fazendo pra limpar a Baía de Guanabara,estão jogando nitrato de prata para clarear a água , aí acaba por matar as raias que não tem nada haver com jogos olímpicos!!! Cambada de filhos das p…!!!

O prefeito mandou despejar toneladas de nitrato de prata pra clarear a água da Bahia de Guanabara e olhem o resultado , essa foi a solução rápida e a melhor maquiagem para os turistas. Essa semana tinham mais de 200 arraias mortas. Sinistro!

Prefeito do rio pede que dê um jeito na Bahia de Guanabara …..despejaram produto químico pra clarear a água…..

Nitrato de prata matou arraias na Baía da Guanabara?

É claro que a indignação a respeito do suposto crime ambiental tomou conta da internet. Mas será mesmo que a Prefeitura do Rio de Janeiro espalhou nitrato de prata para clarear a água da Baía da Guanabara e matou animais por isso? Pelo o que tudo aponta, a resposta é não.

Antes de desmentir a história, devemos levar em conta que é fato que a situação do local é catastrófica. Depois do evento-teste para os Jogos Olímpicos, diversos atletas reclamaram que contraíram doenças por causa da água do local. Chegou-se a pedir que o evento fosse transferido para a cidade de Niterói. O último relatório do INEA sobre o local acusa, inclusive, que a situação está longe da ideal. Mesmo com tudo isso, as provas serão realizadas por lá.

Dito isso, vamos aos fatos: a história ficou muito mal contada para que pudéssemos cravar que o uso de nitrato de prata causou a morte das arraias mostradas no vídeo. O Globo correu atrás da história assim que ela viralizou na internet e chegou a conclusões interessantes. Ao falar sobre a história do nitrato, a Prefeitura classificou a acusação como “boato”.

Na mesma matéria, o vice-diretor do Instituto de Biologia da UFRJ apontou que dificilmente o tipo de arraia do vídeo está em grandes quantidades na Baía da Guanabara. Para além disso, os próprios técnicos do INEA foram ao local e não acharam os animais. Se, de fato, a morte das arraias tivesse sido reportada a autoridades (e não só filmada e colocada no Facebook), a solução poderia ter aparecido. Mas como alguém vai provar que foi nitrato de prata se não consegue nem provar onde as arraias morreram?

Outra dúvida que tivemos foi por que apenas arraias teriam sido mortas pelo nitrato de prata. Se a poluição fosse de um produto altamente tóxico (como nitrato de prata), morreriam outros animais também como peixes.

Para terminar a história, a teoria que aponta que o uso de nitrato de prata ajudaria a “clarear” as águas da Baía também não faz muito sentido. Um vídeo na internet ajuda a esclarecer um pouco isso. Ao misturar o produto na água limpa, ela fica avermelhada na luz. Mas ao misturar na água suja, ela ganha um aspecto sujo. Como a água da Guanabara não é das mais limpas, é provável que ficasse escura.

Tem outras coisas como o fato da Baía da Guanabara ter 380 km² e colocar nitrato de prata em toda água não ser a tarefa das mais simples. Mas, resumindo, já podemos afirmar que a história que aponta que arraias morreram por causa do nitrato de prata é boato. Nem o uso por parte da Prefeitura, nem o nitrato ser a causa da morte fazem muito sentido neste cenário.

Em tempo: no ano passado, dezenas de arraias apareceram mortas em Vitória (ES) e foram levantadas três hipóteses para a mortandade: pesca ilegal com redes de arrasto, encalhe coletivo e poluição (o que também não seria de se duvidar). Nitrato de prata não estava entre as hipóteses.

2 thoughts on “Nitrato de prata matou arraias na Baía da Guanabara #boato

  1. Marcelo Rodrigues da Silva

    Amigos.

    É só ir no aterro do Flamengo e ver as pedras como estão com os mariscos mortos todos abertos por causa do veneno Nitrato de prata, simples.

    Alguns estão querendo abafar dizendo que é “boato” mais é verdade e a realidade que esta acontecendo.

    A prefeitura (Eduardo paz) praticou um crime ambiental na Baia de Guanabara e quer abafar por causa da olimpíada isto é fato criminoso.

    Aonde esta a lei para todos, ser comprida.

    Será que não tem a competência para prosear um crime que é fato.

    Só sei que este fato esta destruiu a fauna da baia de Guanabara e não tem ninguém com capacidade de ver a verdade?

    Reply
  2. Marcelo Rodrigues da Silva

    Amigos.

    Sem medo mais com confiança profissional.

    SOBRE O CRIME QUE A PREFEITURA (EDUARDO PAZ) NÃO É BOATO E SIM VERDADE.

    Não foi só com as arraias e sim todas as especies vivas na Baia de Guanabara.

    Moro a anos no Flamengo e frequento toda a extensão do aterro do flamengo, três semanas atrás as pedras do aterro estavam com os mariscos normais, de lá para esta semana os mariscos motos junto com a fauna.

    Gostaria que seja divulgado este fato real para o povo carioca ficar sabendo o crime da prefeitura. A final casos reais é reportagem sem medo reais.

    Deste já obrigado, gostaria que os cariocas sopese pela a TV, radio e jornais na primeira pagina em letras garrafas.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *