Mulher que pisou em cão é espancada na prisão e quase morre #boato

Boato – Mulher que havia sido flagrada em vídeo pisando em uma cãozinho com bota foi espancada na prisão e quase morreu.

Um vídeo tem deixado muitas pessoas chocadas na internet. Ele mostra uma mulher pisando e chutando um cachorro que estava amarrado. A filmagem viralizou sob o argumento que deveríamos compartilhar para encontrar e prender a mulher. Já falamos sobre o assunto neste link e nossa conclusão foi de que o caso era antigo e a mulher não é do Brasil. Dito isso, vamos à história de hoje.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:

Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99432-5485 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Circula na internet uma notícia que aponta que a mulher, identificada como Marcela Godoy Frisano, havia sido presa, espancada na cadeia e quase morreu. De acordo com a notícia, publicada em diversos blogs, ela teria gritado “eu sou uma covarde” enquanto apanhava no presídio de Pontal do Sul. Leia o texto que circula online:

Mulher que pisoteou e Matou cãozinho com bota de salto é espancada na Prisão e quase morre. Mal acaba de entrar na cela , a mulher é espancada. Enquanto apanhava, ninguém a socorria , ela que torturou um cachorro até a morte com pisadas de uma bota de salto alto , foi obrigada a ficar nua e deixar que as outras detentas lhe dessem socos e ponta pés. Ela é obrigado a gritar varias vezes enquanto apanha que é uma covarde. “Eu sou uma covarde…Eu sou uma covarde ”, dizia a vítima durante seção de espancamento.

Ela teve 2 costelas quebrada além de escoriações em todo corpo, Apos levada ao Hospital Evangelico. Alguns profissionais , recusaram atendimento, o qual só foi realizado devido imposição da policia, caso contrario A mulher poderia ter morrido , disse o Secretario de Administração Penitenciária …Veja Video abaixo no fim da reportagem

A detenta já teve alta médica na tarde de hoje e está isolada em uma cela no presídio de Pontal do Sul. Colegas dão socos e chutes na vítima por cerca de dez minuto. Secretaria diz que caso não se trata de agressão, mas de uma iniciação e não sera investigado. A vitima se chama Marcela Godoy Frisano, ela aparece no vídeo que viralizou essa semana , espancando e pisoteando um cão até a morte. A agressão ocorreu no dia 16 deste mês. As imagens mostram que ao menos dez mulheres assistiam enquanto a presa era espancada.

Mulher que pisou em cachorro foi espancada na prisão e quase morreu?

Não precisa nem falar que a história chamou atenção na internet e um monte de gente compartilhou. Mas será mesmo que a notícia é real? A resposta é não. Vamos aos fatos.

O outro desmentido que fizemos sobre o caso já deslegitima a história que está circulando online. Não há como a “Marcela” ter sido espancada no “presidio de Pontal do Sul” por alguns motivos simples.

O primeiro deles é que o caso aconteceu nas Filipinas. O segundo é que o caso é antigo e não se sabe se a mulher foi presa. O terceiro é que não há sequer uma notícia que confirme a prisão de Marcela, muito menos no presídio citado (seria o de Paranaguá?).

Além disso, essa história de “espancada na prisão” já é velha em boatos na internet. O mesmo site que publicou a notícia já publicou que “o criador da Baleia Azul foi espancado” e que “o homem que bateu na mãe de 84 anos foi espancando”. Detalhe: a estrutura do texto é idêntica nos dois casos.

Só para sacramentar, as duas fotos utilizadas na matéria não têm nada a ver uma com outra. A foto da mulher machucada é de um caso de uma enfermeira agredida por um lutador de MMA no Acre em 2016. Essa matéria do G1 fala sobre o assunto.

Resumindo: a história que aponta que a mulher filmada pisando em um cachorro foi espancada é falsa. Pegaram um caso de grande repercussão, uma foto na internet, inventaram uma história e encaixaram em um texto existente. Boataria pura.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99331-6821.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

2 comentários em “Mulher que pisou em cão é espancada na prisão e quase morre #boato

  • 23/06/2017 em 02:14
    Permalink

    Ela foi presa gente.. pelo menos pagou por isso.. levou uma surra.. sei la..
    ????????

    Resposta
  • 22/06/2017 em 14:20
    Permalink

    Pra que inventar mentiras? O fato é de 2011! Tudo isso pra ganhar cliques

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)