INSS vai pagar indenização de R$ 750 mil à família de ladrão morto por mãe PM #boato

Boato – INSS vai pagar indenização de R$ 750 mil para a família de Elivelton Neves Moreira, assaltante que foi morto pela policial militar Kátia Sastre, também conhecida como “mãe PM”, em São Paulo.

O caso já aconteceu há dez dias, mas ainda há quem tente ressuscitá-lo (mesmo que com fake news). Mais uma vez, estamos aqui para falar de uma história relacionada à morte do assaltante Elivelton Neves Moreira. Se você não juntou o nome à pessoa, nós te ajudamos. No dia 12 de maio de 2018, ele tentou realizar um assalto em uma escola em São Paulo. A policial militar Kátia Sastre, que estava no local, reagiu e o matou.

Já desmentimos alguns boatos sobre o caso. Falamos que Freixo se solidarizou com Elivelton, que os “direitos humanos” pediram a prisão da mãe PM e que Fátima Bernardes iria reformar a casa do sujeito. Agora, começou a circular no WhatsApp a informação de que o INSS vai pagar R$ 750 mil de indenização. Leia o texto que circula online:

INSS DETERMINA INDENIZAÇÃO DE R$ 750 MIL À FAMÍLIA DE LADRÃO MORTO POR UMA MÃE-PM O INSS concedeu indenização de R$ 750 mil por danos morais à família do ladrão, morto no último sábado (12), por uma policial militar de folga que aguardava as comemorações de Dia das Mães na frente de uma escola em SP. Além da indenização, o INSS concedeu à família, uma pensão no valor de R$2.999 mensal.

Na decisão, os advogados que representam a vitima disse que: “assente o dever de indenizar, não resta a menor dúvida quanto à ocorrência dos danos morais que acometem os pais e irmão em razão da trágica, hedionda morte de mais um de nossos jovens negro, e da periferia.” QUE ABSURDO, TOTAL INVERSÃO DE VALORES.

INSS vai pagar indenização de R$ 750 mil à família de ladrão morto por mãe PM?

A mensagem está pipocando no “zap-zap” de “geral”. Mas será mesmo que a família de Elivelton vai receber uma indenização quase milionária do INSS? A resposta é não. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

Quando batemos o olho, já percebemos que a informação é falsa (olha só como é fácil fazer fact-checking). O texto tinha quase todas as características de boatos online (vago, alarmista, com erros de português e sem citar fontes confiáveis). Só faltou o pedido de compartilhamento.

Mais do que isso, a “fonte” citada é um site de fake news. Por sinal, é o mesmo site que publicou as notícias falsas de que Fátima Bernardes iria reformar a casa da família de Elivelton e que os direitos humanos pediram a prisão da mãe PM. Ou seja, fonte nada (nada mesmo) confiável.

Além disso, a mensagem peca por alguns absurdos que não são verossimeis. O INSS não determina indenização por danos morais (INSS paga diversos benefícios, nunca indenização por danos morais), a pensão para quem é morto em um assalto é inviável (isso não é critério para indenizações) e os “argumentos” citados não passariam em um tribunal.

Mesmo assim, tentamos procurar por alguma notícia que fale de indenização para o assaltante e, como é de se imaginar, nada encontramos. Temos que destacar, inclusive, que o assunto “mãe PM” está se esgotando. Será este o último boato que vamos desmentir sobre o caso? Esperamos e acreditamos que sim.

Resumindo: a história que aponta que o INSS vai pagar uma indenização de R$ 750 mil para a família do assaltante morto pela mãe PM é falsa. Não passa de uma fake news inventada por um site de fake news.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

2 comentários em “INSS vai pagar indenização de R$ 750 mil à família de ladrão morto por mãe PM #boato

  • 03/06/2018 em 17:53
    Permalink

    Esse site é muito, mas muito bom. Ótimo trabalho de vcs. Minha referência em “fact Checkers”, rsrsrs.

    Resposta
  • 02/06/2018 em 03:31
    Permalink

    Sem dúvidas é boato. Até o texto foi copiado de uma postagem no globo.com em 2012. O valor da indenização é o mesmo informado na matéria.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)