FGTS retroativo de até R$ 1760 pode ser consultado em site #boato

Boato – Se você trabalhou entre 1998 e 2016, pode receber até R$ 1760 de FGTS retroativo. Para consultar o saldo, é só entrar em sites como o Sine Emprego.

Desde que Temer assumiu a Presidência da República, o governo tem adotado medidas rígidas na economia com o argumento de estancar a sangria da crise. Por outro lado, direitos que necessitavam de condições especiais estão sendo liberados para “aquecer a economia”. Porém, há um efeito secundário na iniciativa (que deixou muitos trabalhadores felizes): golpistas estão se aproveitando da situação para espalhar boatos e vírus.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:

Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99432-5485 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Um link que aponta que as pessoas podem consultar os valores ganhos em certo período tem se espalhado na internet. A “nova versão” da história dá conta de que o governo liberou o “FGTS retroativo” e que as pessoas poderiam consultar o saldo no site Sine Emprego (há outras versões de sites e, provavelmente, novos sites vão surgir depois do nosso desmentido). Leia o texto que circula online:

*FGTS RETROATIVO* *Você trabalhou com carteira assinada no período entre 1998 a 2016?* Se SIM, você pode está apto a receber retroativo de até 2 salários mínimos. Verifique seu nome na lista para sacar até R$1.760,00 em uma agência da CAIXA mais próxima. *Lista Completa no link abaixo http://sinemprego.com/fgts/

FGTS retroativo de até R$ 1760 pode ser consultado em site?

Muita gente clicou no link e muita gente se ferrou. Sim, novamente estamos aqui no Boatos.org para dizer que esta história não passa de um boato. Mais do que isso, não passa de um golpe. Vamos aos fatos.

Contando esta oportunidade, será a quarta vez que vamos desmentir esta história. Dentre as versões há poucas modificações. A primeira versão falava que as pessoas que trabalharam entre 2003 e 2011 poderiam receber R$ 18 mil. Depois surgiu a versão que falava que quem trabalhou entre 1980 e 2011 poderia receber cinco salários mínimos. Neste ano, surgiu a versão “1998 a 2016 com dois salários mínimos”.

Todas as histórias anteriores seguem o mesmo enredo dessa. A mensagem promete um site para você verificar o seu benefício. Ao entrar no site, você responde a três perguntas e há o pedido para você compartilhar a informação. Depois disso, o seu computador ou celular é infectado por um vírus e pode ter os seus dados roubados. Verificamos o site Sine Emprego no serviço Vírus Total e ele foi identificado como site malicioso (de phishing).

Só para deixar tudo bem claro: o governo não está liberando nada de FGTS retroativo. Aliás, o termo FGTS retroativo está errado. Na época em que liberou (o período acabou em julho) o benefício, o governo usou o termo FGTS inativo ou contas inativas do FGTS.

Resumindo: mais uma vez, a história que circula sobre o FGTS retroativo é falsa. A “dica” não passa de mais um golpe que circula na internet. Se você vir o link, não clique nele e nem repasse a mensagem.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99331-6821.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

40 comentários em “FGTS retroativo de até R$ 1760 pode ser consultado em site #boato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)