Cestas básicas gratuitas são distribuídas em São Paulo #boato

By | 27/07/2016

Boato – O governo do Estado de São Paulo está distribuindo cestas básicas para pessoas que ganham até dois salários mínimos. Ligue para o 0800-554566.

É fato que a internet é um local onde é possível prestar serviços de utilidade pública aos cidadãos. É possível tirar documentos, fazer boletins de ocorrência, abrir contas em bancos etc. Porém, o que nem todos sabem é que a web também é espaço para a “inutilidade pública”.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Cestas básicas gratuitas são distribuídas em São Paulo, diz boato

Cestas básicas gratuitas são distribuídas em São Paulo, diz boato

Este é caso de muitos textos que apontam que é possível receber benefícios, conseguir vagas de empregos e outras coisas. A última informação “útil” que apareceu dá conta que o governo de São Paulo está dando cestas básicas para pessoas que ganham até dois salários mínimos. Leia:

Bom dia a todos (as) segue uma Utilidade Pública: Cestas Básicas Gratuitas… Favor Divulgar!!! Se você conhece alguma família que ganhe até 2 salários-mínimos (R$700,00-agora 820,00 no Estado de SP) que tenha bebês de até 24 meses, por favor informe o número de telefone: 0800-554566 (Programa de Alimentação do Estado de São Paulo).

Leite e cestas básicas estão à disposição, sendo oferecidas pelo Governo do Estado de São Paulo. Infelizmente a maioria das pessoas que têm este perfil não tem o conhecimento e cabe também a nós ajudarmos nessa divulgação.

Este nº. de telefone permite ao usuário acesso às informações desejadas. Por favor, repassem essa mensagem, você pode ajudar uma família carente que será muito grata a você, ou não… também não importa, quem realmente quer ajudar, não se importará com agradecimentos. OBS: POR FAVOR DIVULGUEM !!!

Cestas básicas gratuitas são distribuídas em São Paulo?

O texto está sendo compartilhado incessantemente no Facebook e WhatsApp até por quem não mora no estado de São Paulo. Mas será mesmo que o governo está dando cestas básicas para quem recebe dois salários. A resposta é não. Vamos aos fatos.

Quem leu o texto com atenção e tem o mínimo conhecimento do que acontece no Brasil nota muitas coisas estranhas. A primeira delas é o valor de “dois salários mínimos”. O texto aponta que é de R$ 700 e R$ 820 em São Paulo. Para quem não sabe, hoje o salário mínimo é de R$ 880. O valor era de R$ 350 em 2006. Isso denuncia quando surgiu o texto (provavelmente, por e-mail).

Para além disso, o texto cita o Programa de Alimentação do Estado de São Paulo e o telefone 0800-554566 e não há uma referência recente (exceto o mesmo texto do boato) sobre eles. A partir daí, descobrimos que o programa aconteceu em São Paulo em 2000. Detalhe: o benefício era dado para quem recebia até meio salário mínimo e não tinha nada a ver com bebês. No dia 2 de junho de 2000, o site do governo paulista publicou a seguinte notícia:

Último dia para inscrições no Programa Alimenta São Paulo – Programa distribuirá cestas básicas a famílias com renda de até meio salário mínimo por pessoa

Termina hoje o prazo para as entidades sociais sem fins lucrativos da Região Metropolitana se inscreverem para participar do Programa Alimenta São Paulo, desenvolvido pelo Governo do Estado de São Paulo, sob a coordenação da Secretaria da Agricultura e Abastecimento.

O Alimenta São Paulo prevê o atendimento à população – com renda mensal de até meio salário-mínimo por pessoa – por meio de programa de capacitação profissional, geração ou complementação de renda, assistência médica, escolarização básica e provisão de documentos pessoais, além da distribuição mensal de cestas básicas.

As entidades inscritas serão responsáveis pelo cadastramento das famílias e também pelo desenvolvimento dos programas e acompanhamento da distribuição das cestas básicas. As fichas de inscrição das entidades devem ser preenchidas pessoalmente até o dia 2 de junho na sede da Secretaria, avenida Miguel Stéfano, nº 3.900, Pavilhão da Codeagro, das 9 às 12 horas e das 13h30 às 17 horas.Representantes das entidades devem agendar previamente data e horário da visita, pelo telefone gratuito 0800-554566, no horário comercial.

Ou seja, o cadastramento não era para pessoas e sim para OnGs e tinha prazo de expiração. Além disso, descobrimos que o programa foi descontinuado no ano de 2005. Leia esta outra matéria.

Governo troca cesta básica por Renda Cidadã – Jornal da Tarde – São Paulo – Quarta-feira, 2 de fevereiro de 2005

O Governo do Estado acabou com a distribuição de cestas básicas na região metropolitana de São Paulo. A partir de agora, mais nenhuma família será cadastrada no Programa Alimenta São Paulo. Mas os que recebem o benefício continuarão com ele até o final do prazo – que é de um ano.

No lugar da distribuição de cestas, o governo pretende expandir o Renda Cidadã – que dá R$ 60 para famílias muito pobres (com renda per capita abaixo de R$ 100) e é considerado um programa mais moderno. O número de novas famílias da Grande São Paulo beneficiadas pelo Renda Cidadã será exatamente o mesmo das hoje beneficiadas pela cesta básica: 79 mil.

Ou seja, o Programa de Distribuição de Cestas Básicas foi substituído pelo Programa Renda Cidadã, que segue critérios semelhantes ao Bolsa Família. Detalhe: o programa existe até hoje e se você quer mais detalhes, clique aqui.

Resumindo: o final do texto do boato apontava “não sei se é verdade”. A gente pode cravar que é mentira. Não existe mais programa de cestas básicas tampouco com o número citado no texto. É só mais um boato que circula online.

2 thoughts on “Cestas básicas gratuitas são distribuídas em São Paulo #boato

  1. cassia luiza

    estou desempregada e tenho um bebe de um ano e cinco meses. onde recebo cesta basica gratuita . moro em guaianases

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *