Burger King vai imprimir nota fiscal em seda para Marcha da Maconha #boato

Boato – Em apoio à Marcha da Maconha, Burger King vai imprimir notas fiscais em papel de seda e com tinta não-tóxica. 

Muitos assuntos são tabus em nossa sociedade e, por isso, quando questionadas sobre determinados temas, grandes corporações preferem não opinar sobre essas questões.

Muitos empresários fazem isso para não vincular opiniões polêmicas à sua marca. Entretanto, um texto que anda circulando na internet nos últimos dias, afirma que a rede de fast food Burger King não teve medo de dizer o que pensa. Segundo o texto, a rede americana estaria apoiando a Marcha da Maconha e, no dia do evento, iria imprimir todas as suas notas fiscais em papel de seda. Confira:

Isso que é empreendedorismo! Rolling Receipt. No dia da Marcha da Maconha, o Burger King imprimirá todas as notas em papel de seda. Quem frequenta a Marcha da Maconha sempre lembra da gente. Chegou a nossa vez de retribuir. No dia do evento, as lojas do Burger King receberão máquinas de cartão de crédito equipadas com papel de seda e tinta não-tóxica. Dessa forma, as notinhas, que não servem para nada, farão a felicidade do público. Abrindo apetites e quebrando tabus.

Burger King vai imprimir notas fiscais em papel de seda?

Quem viu o folder de divulgação circulando nas redes sociais pode até ter acreditado na história. Mas a realidade é que o texto não passa de boato. Quer saber porque a história é falsa? Continue lendo.

Pra começo de história, as impressoras utilizadas para emitir notas fiscais ou comprovantes em máquinas de cartão são térmicas. Isto é, os papéis utilizados nessas operações são especiais – papéis térmicos -, que reagem ao calor da impressora e ‘imprimem’ letras e números.

Sendo assim, seria impossível substituir papéis térmicos por papel de seda nesse processo, visto que o papel de seda não possui as substâncias necessárias para reagir ao calor da impressora.

Além disso, a própria equipe de comunicação do Burger King desmentiu o texto que anda circulando na internet. Segundo a empresa, a marca não faz e nunca fará campanhas de apologia às drogas. Leia:

Burger King esclarece. A imagem que circula nas mídias sociais com suposta ação da marca relacionada à marcha da maconha não é oficial. A autoria deste conteúdo é desconhecida e não representa nenhuma campanha ou o opinião da Companhia. O Burger King não faz e nunca fará apologia às drogas.

Por fim, o folder com informações falsas sobre o apoio do Burger King nada mais é do que uma peça publicitária independente de Guilherme Filippoff. A peça pode ser vista no portfólio virtual do publicitário. E vale reforçar que a arte é independente e não foi contratada pelo Burger King.

Portanto, a história não passa de uma arte, utilizada de forma equivocada e mal-intencionada, para espalhar o boato. Fiquem atentos!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99331-6821.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)