Polícia alerta que ladrões perguntam de quem é o carro e assaltam #boato

Boato – Polícia mandou avisar sobre bandidos utilizando o golpe do de quem é o carro para roubar os veículos em igrejas, bares, festas etc.

A criatividade das pessoas para as mais diversas atividades é ilimitada. Seja para o bem e para o mal, todos os dias nos deparamos com uma nova história, um novo modelo de celular, de carro, um novo meme, uma nova arma, um novo golpe e, claro, um novo boato.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99432-5485 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

E com a internet essas infinitas possibilidades para ser criativo parecem que afloram com ainda mais facilidade e, por consequência, se espalham muito rápido. É sobre um suposto novo golpe muito “criativo” que vamos falar no desmentido de hoje.

Uma história tem se espalhado via WhatsApp alertando as pessoas sobre uma “nova categoria” de crime. Trata-se de bandidos usando a lábia para enganar motoristas dizendo que o carro está atrapalhando outro e atraí-los até onde o carro está para então roubá-los. Segundo a mensagem, o golpe foi detectado pela polícia que pediu para repassar a mensagem. Confira:

REPASSANDO, IMPORTANTE. Polícia militar avisa que bandidos estão indo a locais com muita gente como igrejas, bares, festas, etc. Perguntando de quem é o carro tal, placa tal quando o dono aparece o bandido diz que o carro está atrapalhando o dele sair, quando o proprietário chega ao local onde o carro tá estacionado os bandidos anunciam o assalto. A polícia pede para compartilhar essa informação. Repasse para a família e amigos no Brasil

Polícia está avisando sobre bandidos que perguntam de quem é o carro para realizar assaltos?

Essa história exigiu o mínimo de atenção em alguns pequenos detalhes divulgados para ser desmentida. Aliás, não precisou muito para a gente descobrir que é tudo mentira, bastou apenas seguir a cartilha da boataria. Vamos segui-la.

Primeiro, como toda “boa” corrente de Whats, esta menciona uma fonte confiável – a polícia – para dar um ar de veracidade ao relato. Só que a mensagem é toda genérica, não menciona local nem data dos golpes. Afinal, onde esses golpes estão acontecendo? Desde quando a PM está pedindo para as pessoas repassarem essa informação? Já desmentimos histórias semelhantes e o fato destas perguntas não terem respostas já faz soar o alarme detector de boatos.

Depois, em uma busca no Google verificamos que esta história, na verdade, não é recente. Versões semelhantes da corrente circulam há anos na internet, encontramos algumas mensagens circulando desde 2015 pelo menos.

Buscamos por qualquer nota oficial da PM (que seria a maneira mais usual da instituição se comunicar) e não encontramos nada relacionado a alertas sobre bandidos perguntando de quem é o carro. O que de fato achamos foram notícias do ano passado e deste ano informando sobre a falsidade dessa história em cidades de Minas Gerais e Mato Grosso. Por lá, a conversa foi tanta que decidiram checar e a própria PM, quando consultada, desmentiu tudo.

Ou seja, não há qualquer prova ou indício de que essa história de bandidos perguntando de quem é o carro para roubá-lo seja verdadeira. Em algumas cidades a PM já negou e não existe aviso formal da polícia para as pessoas se atentarem a isso. Portanto, é #boato e mais uma corrente típica do WhatsApp. Mas, vale a ressalva: é sempre bom ter cuidado, como dizem: “o seguro morreu de velho”.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99331-6821.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)