Arnaldo Jabor escreve texto criticando o carnaval #boato

Boato – Texto de Arnaldo Jabor, jornalista e escritor brasileiro, critica carnaval e alerta sobre corrupção no Brasil.

Se tem uma coisa que o brasileiro ama é o carnaval. E quando chega essa época do ano os foliões começam a tomar conta das ruas e praias. Muitos saem em busca do barulho do mar, outros preferem o grito dos blocos de rua e alguns não cedem à multidão suada e feliz.

Texto de Arnaldo Jabor critica carnaval e alerta sobre corrupção no Brasil, diz boato
Texto de Arnaldo Jabor critica carnaval e alerta sobre corrupção no Brasil, diz boato

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:

Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99432-5485 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Neste ano, até a política caiu no samba. Muitos blocos populares e tradicionais fizeram suas reivindicações – desde críticas ao governo Temer até o combate ao machismo, racismo e homofobia. Mas há quem diga que os foliões esqueceram a corrupção no Brasil.

Ao que tudo indica um texto, atribuído a Arnaldo Jabor, crítica o carnaval e alerta para a roubalheira que tem destruído o país. Leia o que diz o texto:

Perfeito!!! Jamais vou entender este fenômeno chamado, Carnaval. Um povo sofrido, roubado, explorado, muitas vezes sem perspectivas, de uma hora pra outra, explode numa alegria sem motivo… Sem limites, sem pudor. Homens que até sexta feira, trabalharam de terno e gravata, no sábado vão para as ruas, maquiados, vestidos de mulher, sutien por cima de peitos peludos, braços e pernas cabeludas, numa imitação grotesca e sem sentido do sexo feminino.

Mulheres que se matam em trabalhos, muitas vezes degradantes e mal remunerados… Sofrem nas filas de hospitais e creches, aparecem na passarela, cobertas de brilho e rebolando, como se não houvesse o amanhã.

Os canalhas no poder, adoram esta orgia sem sentido, porque pelo menos por alguns dias, o povo está olhando pro outro lado, enquanto eles continuam sugando cada gota de sangue e cada centavo que puderem roubar.

As ruas estão tomadas de foliões urrando de alegria… E eu me pergunto: VOCÊ ESTÁ ALEGRE PORQUÊ, OTÁRIO ??? Sua vida melhorou de ontem pra hoje? Seu salário aumentou? Seu filho entrou numa boa escola? Se você cair de um trio elétrico e quebrar a cabeça, vão te levar para um bom hospital? Você terá água em casa, pra tomar banho, quando voltar da gandaia? Então me explica, seu trouxa…TA RINDO DE QUE???

Você irá pra rua com esta mesma vontade, pra protestar contra esta roubalheira absurda, que está destruindo a vc e ao nosso país? Por estas e outras que os governantes adoram Carnaval e eu jamais vou entender porque nosso povo é tão alienado.

Arnaldo Jabor 

Arnaldo Jabor escreve texto criticando o carnaval?

Não vamos entrar no caráter do texto, afinal estamos aqui para analisar a veracidade dos fatos. Apenas. Então, vamos ao ponto: ao contrário do que muita gente imagina, não foi Arnaldo Jabor que escreveu o texto. Vamos aos fatos.

Falsas citações, atribuídas a famosos, são figurinhas carimbadas na internet. Lembra do texto de Arnaldo Jabor chamado vote na Dilma? Pois é, também não era dele. Assim como o texto “a lei do caminhão de lixo”.

Antes de ser atribuído ao jornalista, o texto pertencia a “um seguidor indignado com os últimos acontecimentos no Brasil”, mas o primeiro registro que se tem é no “Jornal Cidades da Serra”, (de Bento Gonçalves/RS) onde a autoria não pertence a Arnaldo Jabor e sim ao editor do veículo.

Como você deve imaginar, as mentes brilhantes da internet adicionaram alguns trechos à versão do Cidades da Serra para deixar o texto mais “impactante e agressivo” (é só comparar com o original).

Além disso, Jabor até tem uma simpatia pelo carnaval. Em seu último comentário, intitulado “Carnaval ainda é a marca da nossa grandeza”, o jornalista diz que “é melhor entender o Brasil por meio do carnaval do que ver a festa como um desvio da razão”. Ou seja, nada de alegria sem motivo ou sem limites, como afirma o boato.

Resumindo: a história de que Jabor escreveu texto criticando o carnaval é boato. Ou seja, o texto que fala que o “jamais vou entender este fenômeno chamado, Carnaval” não é de Arnaldo Jabor.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de diversos leitores pelo WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook ou WhatsApp no telefone (61) 993316821. 

Um comentário em “Arnaldo Jabor escreve texto criticando o carnaval #boato

  • 28/02/2017 em 22:52
    Permalink

    Te dois autores este texto? Claudir Benini e Jabor

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)