Aluno agrediu professora com uma tesoura em São Paulo #boato

Boato – Aluno de oito anos agrediu a professora com uma tesoura e um apagador na EMEF Altino Arantes, em São Paulo. Foto mostra testa cortada.

Nos últimos dias, o tema educação voltou a ser discutido após a Medida Provisória que prevê mudanças no Ensino Médio. Seja qual for a corrente (favorável ou contrária à MP) que se segue, em uma coisa há acordo entre todos que receberam a notícia: o jeito que as escolas são feitas hoje em dia necessitam de uma revisão. Alguns casos de indisciplina ajudam, inclusive, a dar combustível para quem está insatisfeito com a educação. E a internet é palco para muitas discussões.

Professora foi agredida por um aluno com tesoura, diz boato
Professora foi agredida por um aluno com tesoura, diz boato

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99432-5485 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

A última delas mostra uma foto de uma senhora com um corte profundo na testa. A imagem, que viralizou no Facebook e WhatsApp, dá conta que um aluno de oito anos de idade a agrediu. Em uma das versões do texto, é dito que a arma foi uma tesoura. Em outra, ele teria batido na professora com um apagador. Leia textos que circulam online:

Olha o que um aluno da EMEF Altino Arantes fez com sua professora hoje,( 22/09/16) de manhã!

Deu uma tesourada na testa da professora. O aluno tem apenas 08 anos! Precisamos mudar essa realidade na rede municipal de ensino de São Paulo!

UMA AD FOI AGREDIDA POR UM ALUNO QUE ATIROU UM APAGADOR NELA. QUAL A ATITUDE QUE DEVE SER TOMADA AMIGOS EDUCADORES? ??? (

Aluno agrediu professora com uma tesoura?

É claro que a história causou indignação nas redes sociais. Alguns falaram que a família e a falta de educação em casa é o problema. Outros pediram cadeia para o menino de oito anos de idade. Alguns, mais radicais, já falaram que seria bom matá-lo antes que crescesse. Todos se esqueceram de um detalhe: averiguar se a história era verdadeira.

É fato que a foto é da EMEF Altino Arantes. Aliás, a imagem é da vice-diretora da instituição e não se trata de uma montagem. Porém, as circunstâncias que o incidente ocorreu são bem diferentes do que está sendo divulgado na internet.

De acordo com esta reportagem da revista Veja, não procede a informação de agressão de um aluno à professora. O corte foi causado por um porta-lápis arremessado, sem intenção, por um aluno. À revista, a Secretaria Municipal de Ensino de São Paulo apontou que se trata de um acidente, que ele “não tinha a intenção de atingir qualquer pessoa” e que o responsável foi “chamado para ter ciência do episódio”.

A mesma matéria falou com o filho da vice-diretora da escola. Ele confirmou que a história é diferente do que está sendo dito em redes sociais:

“Preferimos resguardar nossa mãe. Foi um acidente no âmbito escolar e não tudo isso que vem sendo dito pelas redes sociais. Minha mãe está se recuperando”.

Resumindo: é fato que uma professora se cortou na EMEF Altino Arantes. Só não é fato que ela foi agredida por um aluno e nem que uma criança de oito anos estava “armada com uma tesoura”. De acordo com a Secretaria de Ensino e a família da professora, trata-se de um acidente.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

6 comentários em “Aluno agrediu professora com uma tesoura em São Paulo #boato

  • 24/09/2016 em 18:08
    Permalink

    Boato também está mal contado. Um corte dessa intensidade causado com um porta lápis?

    Resposta
  • 24/09/2016 em 11:44
    Permalink

    ridicula voce Lu SouzaFernandes

    Resposta
  • 23/09/2016 em 22:28
    Permalink

    Eu acho que a net deveria se preocupa em informar, coisa que edifiquem, não se preocupar de noticiar baixaria,,não temos mais opções…….chegaaaaaaaaaa

    Resposta
    • 24/09/2016 em 02:15
      Permalink

      tbm acredito que ela pode está sendo forçada a contar outra versão, sou professora fui agredida por um adolescente de 16 que arremessou uma cadeira no meu rosto, tive que me ausentar da escola por mais de um mês , enquanto o aluno concluía o ano letivo, conheço essa situação

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)