Bandidos usam perfume para estuprar vítimas #boato

Boato – Vendedores de perfume borrifam substância que desmaia vítima para abusar das mesmas.

Perfume: A História de um Assassino é um filme baseado no livro do alemão Patrick Süskind e lançado em setembro de 2006. O suspense conta a história de Jean-Baptiste, um jovem com um olfato fora do comum se torna aprendiz de um grande perfumista e com isso começa sua busca obsessiva pela criação do perfume perfeito.

Após aprender a extrair o cheiro dos elementos, o personagem principal aplica a técnica dos corpos das mulheres mais cheirosas que encontra. Com isso, ele pretende criar o melhor perfume de todos os tempos. Obviamente, a obra não passa de uma ficção, porém uma história parecida começou a aparecer em redes sociais.

A página “Isso é Brasil”, no Facebook, divulgou um texto que alerta para vendedores de perfume que oferecem uma amostra que faz a vítima desmaiar. Após isso, os supostos vendedores levam a pessoa até algum lugar onde abusam dela. Confira o texto abaixo e acompanhe nossa análise para saber a verdade sobre essa história:

Alerta…se alguém te abordar na rua oferecendo perfume não aceite e não deixe borrifar o perfume em vc,….e uma substancia química que faz vc desmaiar… ai o cara finge conhecer a vitima e a socorre, a levando para algum lugar e abusar da msm…fique atenta .. Avise as amigas e parentes, Se cuidem. Apenas repassando! Faça sua parte e marque suas amigas, amigos e família…

Numa breve análise do conteúdo do texto temos aspectos que tornam o conteúdo do texto bem questionável, como os erros de português, a ausência de data do texto e a ausência de fonte. Essas são apenas algumas características que já levantam dúvidas sobre a veracidade do conteúdo do texto.

Indo aos fatos, há uma grande divulgação de boatos sobre crimes, como já desmentimos aqui o caso das pichações nas casas ou os assaltos com ovo no para-brisa. A própria história do perfume já foi desmentida por aqui. Um outro texto divulgava informações parecidas, porém localizava o assalto na Penha.

Ainda, o Extra fez uma matéria sobre o assunto e mostra que esses textos são falsos – inclusive usa o texto do estuprador que usa perfume como exemplo. Então, ao levar em conta todos os fatores acima apontados não restam dúvidas de que o texto não passa de um boato e, ao que tudo indica, não existe nenhum estuprador que vende perfumes por aí.

4 comentários em “Bandidos usam perfume para estuprar vítimas #boato

  • 18/10/2017 em 03:14
    Permalink

    esses comentários estão chegando de vez em quando no Whatsapp pra pessoa repassar. seria isso um virus pra ser repassado?

    Resposta
  • 05/09/2016 em 15:42
    Permalink

    Misericordia, onde vamos parar desse jeito…

    Resposta
  • 13/01/2016 em 22:18
    Permalink

    boa noite, sobre o caso do perfume venho relatar que fui abordado hoje,
    (13/01/2016)na Rua Carijós, entre r. Curitiba e Rua São Paulo(centro de Belo Horizonte, MG), por volta das 14:30,
    por um meliante querendo me “dar” um vidro de perfume importado,
    insistindo em borrifar a essência em mim, diante da minha recusa o bandido
    começou a se alterar comigo.Situação que me forçou à me retirar imediatamente do local,
    infelizmente o fato aconteceu no centro de uma das maiores capitais de nosso pais
    sem qualquer receio por parte do meliante levando-se em conta a omissão da policia militar
    e a impunidade deste país de bandidos.Fica então o alerta e salve-se quem puder.

    Resposta
    • 25/10/2016 em 14:01
      Permalink

      O meliante deve ter roubado o perfume de alguém ou alguma loja e estava querendo te vender, provavelmente para comprar drogas. Com certeza não era um perfume que ia te fazer desmaiar para que você fosse estuprado em seguida.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)