Vídeo falso: Índios enterram crianças vivas com problemas mentais na Amazônia

By | 27/10/2013
Crianças são enterradas vivas na Amazônia, de acordo com documentário

Crianças são enterradas vivas na Amazônia, de acordo com documentário

Boato – Um documentário chamado Hakani  mostra as práticas de infanticídio que são praticadas por tribos indígenas na Amazônia no Brasil.

Um vídeo tem causado comoção nos últimos dias em redes sociais. Apesar de ter sido feito em 2008, um trecho do documentário Hakani tem causado revolta na internet. O vídeo de cerca de quatro minutos mostra uma criança indígena sendo enterrada por ter problemas físicos ou mentais.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

O vídeo, que pode ser acessado aqui, é muito forte e mostra uma criança sendo enterrada viva por um índio adulto. Durante a filmagem, a criança reclama e pede para não ser enterrada. Mas tudo é em vão. Junto ao vídeo, a seguinte mensagem está sendo compartilhada.

Crianças com problema mental ou físico são enterradas vivas em tribos indígenas, IMAGENS FORTES (Veja Vídeo). Um vídeo mostrando crianças indígenas enterradas vivas na Amazônia está causando comoção e revolta nas redes sociais.

A filmagem está sendo veiculada como verdadeira nas redes sociais, mas na realidade foi uma cena montada pelo diretor australiano David Cunningham. No próprio site oficial de Hakani (que é uma referência ao nome de uma índia que teria sido adotada por missionários evangélicos), há explicação de que a cena não é verdadeira.

De acordo com o site (que está em inglês), os índios que participaram da cena receberam cachê e a terra que foi jogada no rosto da criança indígena era, na realidade, bolo de chocolate. Ou seja, o vídeo não mostra uma situação real de uma criança enterrada viva.

Ok, chegamos à conclusão de que o vídeo é falso. Mas é importante citar que o documentário afirma ter criado a situação para alertar para um problema recorrente nas tribos amazônicas: o infanticídio. De acordo com o diretor, cerca de 20 etnias indígenas brasileiras ainda realizam o enterro de crianças com problemas físicos ou mentais, gêmeos e filhos de mãe solteira.

Esta matéria da revista Isto É datada de 2008 também denuncia o problema. A reportagem fala que a Funai faz vistas grossas para essa questão. A matéria conta a história de Amalé, um menino que foi enterrado vivo, mas se salvou.

Por outro lado, a Funai se defende dizendo que tenta alternativas ao sacrifício das crianças doentes em tribos indígenas. Uma dessas alternativas seria a adoção das crianças. Com certeza, o assunto gera muita polêmica. E apesar do vídeo ser falso, a situação é real em tribos brasileiras.

Esse texto foi sugerido pelo leitor Sandro Anderson. Para sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo Facebook ou pelo site.

3 thoughts on “Vídeo falso: Índios enterram crianças vivas com problemas mentais na Amazônia

  1. Patrícia Rodrigues Guedes

    O vídeo é a dramatização da história real de Hakani. Todos os fatos retratados foram reais. É a mesma coisa que dizer que o filme “A Lista de Schindler” é falso porque foi interpretado por atores pagos., ou qualquer outro filme biográfico. Algumas tribos matam não somente crianças com algum tipo de deficiência, mas filhos de mães solteiras e gêmeos. Aliás, foram pagos porque os índios que ali estão, inclusive a indiazinha com paralisia cerebral que interpreta Hakani, não podem viver em suas tribos sob o risco de terem suas crianças assassinadas pelos lideres da tribo. Eles vivem em cidades ou foram acolhidos por organizações não-governamentais, e sua renda vem de artesanatos ou contribuições.

    Reply
  2. Sandro Moreira

    primeiro: cachê pro índio, pra quê? alguém viu,na floresta, algum mercadinho pra gastar o tal cachê? Já sei, o índio foi NU comprar os ingredientes pra fazer o bolo de chocolate no seu fogão a gás, de seis bocas. segundo: detalhe, é normal índios irem as compras nus. pra encerrar: liguem pro núcleo de novelas da Globo, pois estão perdendo “atores excelentes”… na verdade, boatos são mentiras, a imagem é verdadeira e vocês são falsos, mentirosos e anticristãos!

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *