Mentira: homem come o próprio filho recém-nascido em ritual satânico

By | 27/03/2014
Boato aponta que homem matou filho em ritual satânico

Boato aponta que homem matou filho em ritual satânico

Boato – Um ritual satânico teria motivado um homem a comer o filho recém-nascido. Caso teria acontecido no município de Tabubil, Nova Guiné Província do Oeste, no Maranhão.

Uma foto horrenda tem circulado na internet desde 2011. A imagem de um homem ensanguentado segurando um bebê morto nos braços tem uma legenda tão horrenda quanto a foto. De acordo com o texto que acompanha a imagem, o homem teria comido o filho recém-nascido durante um ritual satânico.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

As informações são de que o crime teria acontecido no município de Tabubil, Nova Guiné Província do Oeste, no Maranhão. Ainda de acordo com o texto, o crime teria ocorrido no meio de uma multidão. A mensagem é acompanhada na mensagem “Jesus está voltando”.

JESUS ESTA VOLTANDO

CENA FORTE: Homem come o próprio filho recém nascido em ritual satânico

Moradores do município de Tabubil “Nova Guine” província do oeste, do estado do Maranhão ficaram estarrecidos com uma ocorrência macabra registrada no último Segundo informações, o fato aconteceu como pagamento de uma promessa macabra por questões de religiosidade.

Já que o pai frequenta uma “seita” satânica.domingo, 24, quando um criança recém nascida foi comida viva pelo próprio pai em frente a uma multidão.

E eu e você o que temos feito?

Por questões editoriais, resolvemos não mostrar a parte brutal da imagem. Tampouco, vamos identificar o homem da imagem. Porém, de uma coisa temos certeza: a história não é verdadeira. Para começar o município de Tabubil, Nova Guiné Província do Oeste, no Maranhão simplesmente não existe.

Ou melhor, existe. Mas na realidade não fica no Maranhão e nem no Brasil. Tabubil, na realidade, é uma cidade de Papua Nova Guiné, uma ilha da Oceania. Ou seja, as informações estão totalmente distorcidas.

Além disso, a mensagem tem características de hoaxes. A primeira é a mensagem “Jesus está voltando”. Ela é usada para incautos (e pessoas que não lêem o contexto) compartilhar a imagem. Além disso, o texto tem diversos erros de português. Isso demonstra pouco cuidado na escrita (o que deve ter se repetido na checagem dos fatos).

Infelizmente, ainda não descobrimos a origem da imagem. Mas comentários nas postagens dão conta que ela teria sido tirada em Serro Leoa após uma chacina e o pai seria vítima e não culpado. De acordo com a mensagem, a imagem seria de um fotógrafo alemão que trabalhava para a Reuters. Apesar da informação ser mais plausível do que a história do homem possuído, ela não foi checada.

Sendo assim, chegamos à conclusão de que a mensagem que acompanha a imagem brutal é falsa. Nenhum homem comeu o próprio filho em ritual satânico no Maranhão. Porém, ainda não descobrimos de onde veio a imagem. Neste caso, aceitamos ajuda nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *