Lorota: Curitiba tem iluminação de natal similar a um pênis

By | 19/12/2014
Iluminação de Natal de Curitiba parece um pênis, diz boato

Iluminação de Natal de Curitiba parece um pênis, diz boato

Boato – Capital paranaense conta com iluminação estranha de luzes de natal.

Começo de dezembro e todos os olhares se voltam para uma das datas mais especiais do ano, o Natal. É tempo de pensar nas comemorações, reunir a família e uma das partes mais legais de todas: enfeitar a casa!

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Está na hora de tirar o pinheirinho, as bolinhas, guirlandas, luzinhas e todos os aparatos que deixam o dia 25 de dezembro mais iluminado e colorido. E a tradição não se limita só às casas. Em praticamente todas as cidades, pelo menos as principais avenidas sempre estão enfeitadas e entram nesse clima mágico que é o Natal.

Só que nesse ano, uma cidade conseguiu chamar mais atenção do que o esperado. Curitiba, capital do Paraná ganhou espaço nas redes sociais pela decoração de gosto duvidoso. Uma foto de uma das ruas da cidade vem circulando pelas redes desde o fim de novembro e, apesar de tirar bons risos dos internautas, não parece estar agradando muita gente, muito menos os curitibanos. Leia:

Curitiba pronta para o Natal. Cidade bonita, decorada, enfeites de rua de bom gosto….sqn!

Os “enfeites” luminosos pendurados em postes são formados por uma vela seguida de duas bolinhas, e você, que não é nada ingênuo, já percebeu com o que o adorno se parece.

Pois bem, antes que o bafafá desse problemas para a gestão municipal, a assessoria de imprensa da Fundação Cultural de Curitiba, responsável pela decoração da cidade, disse que os enfeites não estão instalados em nenhuma rua de Curitiba.

Mas, e agora? Se os curitibanos não estão envolvidos nessa malandragem, quem estaria? Pelo jeito, a coisa veio é da gringa. A princípio, as imagens começaram a ser compartilhadas nos Estados Unidos.

A foto na verdade é parte da decoração de Kenova, que fica no estado norte-americano de West Virginia. Pois é, o gosto duvidoso é estrangeiro. Brasileiros podem respirar aliviados, mas não muito, porque nesse “Brasilsão” velho sem porteira, tudo (tudo mesmo) pode acontecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *