História falsa: norueguesa dá a luz a bebê elefante

By | 01/07/2015

Boato – Uma norueguesa deu luz a um bebê elefante na Índia. O nome da criança vai ser Ganesha.

PS: Esse texto foi um trabalho colaborativo de Eduardo Leonel, editado pelo Boatos.org. Se você quiser colaborar com a gente, entre em contato pelo site ou Facebook.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Desde o último mês alguns blogs brasileiros têm dado uma notícia inusitada: uma norueguesa teria ido para a Índia e deu luz a um bebe que é metade homem, metade elefante. Junto ao texto, havia uma imagem de uma criança. Ela tinha uma tromba e “patas” curtas. Leia trecho do texto:

Bebê elefante nasce na Índia, diz boato

Bebê elefante nasce na Índia, diz boato

Aconteceu na Índia, uma mãe Norueguesa deu a Luz a um bebê que é metade gente e metade animal, no caso um elefante. Depois que aconteceu isso o caso tomou uma repercussão mundial, no caso da Índia o povo acredita que a criança seja a reencarnação do próprio Deus Ganesha, os religiosos estão em peregrinação depois do nascimento do que eles chamam de bebê elefante.

O bebê ainda não tem nome, provavelmente ele terá o nome do Deus Ganesha pela semelhança que ele tem com Ganesha, no entanto o casal pais da criança ainda não definiram se vão colocar esse nome a pedido dos religiosos que acompanham o caso.

Essas informações são fonte do Portal Stuppid, que condena a atitude dos pais em querer se livrar do filho para ficarem ricos com a venda da criança para a Índia, mas isso ainda são apenas rumores que ainda não foram confirmados.

O mistério começa a ser desvendado quando se acha a fonte da matéria. Ela foi originalmente postada no site estrangeiro Sttupid. Na própria descrição do site, podemos concluir que se trata de mais um boato: “Stuppid.com relata notícias estúpidas que encontramos em torno da web e de outras fontes. Pretendemos publicar as coisas mais loucas e estúpidas que podemos encontrar.” Ou seja, é um site de notícias falsas.

Além disso, uma simples busca pelos termos “norwegian elephant baby” já revela a farsa que circulou online no Brasil. Quase todos os resultados em inglês apontam que a notícia é falsa.

A história é semelhante, e provavelmente usada como base, para outro caso publicado no Portal Metro, no dia 31 de Março deste ano. O jornal aponta o caso de um outro bebê elefante. E também fala da venda da criança. O que o site não explica é que chamam de milagre, tem nome: Neurofibromatose ou Doença de Von Recklinghausen.

Sendo assim, podemos afirmar que a história do bebê elefante filha de norueguesa que nasceu na Índia é falsa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *