Candidata do Enem diz ter sido abduzida em Belém, diz notícia falsa

By | 25/10/2015

Boato – Candidata do concurso Enem garante ter sido abduzida na ida ao local da prova e exige que abram os portões, em Belém.

Neste sábado, 24 de outubro, aconteceu o primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). É claro que alguns boatinhos tinham que circular na web. Para além do caso da prova que teria vazado (que você pode ler mais detalhes aqui), uma história bizarra chamou atenção na web.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Candidata do Enem diz que foi abduzida, diz hoax

Candidata do Enem diz que foi abduzida, diz hoax

Uma imagem que começou a circular por redes sociais dava conta de uma desculpa insólita de uma candidata de Belém (Pará): a de que teria sido abduzida por extraterrestres. Leia o texto:

Candidata do concurso Enem garante ter sido abduzida na ida ao local da prova e exije que abram os portões, em Belém

Por um minuto de atraso, candidata foi impedida de entrar, e diz ter sido raptada por extraterrestres. Neste sábado (24), a candidata de Belém, garante ter sido abduzida por “pequenos homenzinhos” assim chamados pela adolescente de 18 anos Belém. Ao menos cinco candidatos perderam a hora e ficaram de fora.

A imagem parecia ser um print (impressão) do portal G1. Pois bem, o print até é real. Mas a notícia é falsa. Apesar do espanto causado pela história, não é difícil perceber alguns elementos que fazem a gente não acreditar na história. Olha alguns deles.

– Um dos mais importantes fatores do jornalismo é a concisão. Nem o “estagiário do G1” (bode expiatório para muita coisa) colocaria “concurso ENEM” em vez de Enem no título de uma matéria. Isso sem falar que Enem se escreve assim com apenas o “E” maiúsculo.

– Há alguns erros de português que não são comuns em matérias jornalísticas (como exije), mas a gente sempre vê em textos de boatos online.

– A menina não teve identificação. Neste tipo de matéria, não há “preservação” da identidade.

Para além disso, descobrimos a matéria original da “menina abduzida”. Está nesse link e diz o seguinte:

Candidatos ao Enem chegam atrasados e perdem prova, em Belém

Por um minuto de atraso, candidata foi impedida de entrar. Houve ainda quem se confundisse por causa do horário de verão.

Neste sábado (24), candidatos inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) chegaram atrasados e encontraram os portões fechados na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Visconde de Souza Franco, bairro do Marco, em Belém. Ao menos seis candidatos perderam a hora e ficaram de fora.

Para quem não sabe, essas modificações são feitas da seguinte forma: a pessoa entra no código fonte da página, digita o que quiser e dá um print da página. Depois manda isso para o WhatsApp, Facebook e para onde quiser. Essa modificação é quase tão comum como essa outra, que explicamos no vídeo abaixo.

Resumindo: nenhuma menina disse que estava sendo abduzida para entrar no Enem. Tudo não passou de uma montagem e uma brincadeirinha online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *